Após uma temporada de muita indefinição na categoria melhor filme, Spotlight - Segredos Revelados foi consagrado no Oscar 2016, superando favoritos como O Regresso e A Grande Aposta. Além do prêmio de melhor filme, Spotlight levou também o Oscar de roteiro original.

Leonardo DiCaprio finalmente conquistou a cobiçada estatueta pelo seu trabalho em O Regresso. Em seu discurso de agradecimento, o ator lembrou cineastas que marcaram sua carreira e que o ajudaram em sua trajetória nos cinemas. O astro aproveitou ainda para falar sobre o aquecimento global e lembrou a dificuldade da equipe para encontrar locações com gelo.

O filme O Regresso rendeu também prêmios ao diretor Alejandro G. Iñárritu (em sua segunda vitória consecutiva, seguindo a de Birdman, do ano passado) e ao diretor de fotografia Emmanuel Lubezki (terceira vitória consecutiva, após Birdman e Gravidade).

Alicia Vikander confirmou o status como nova queridinha de Hollywood, levando a estatueta de atriz coadjuvante pelo filme A Garota Dinamarquesa. Outra estrela em ascenção que conquistou o Oscar foi a atriz Brie Larson, vitoriosa por O Quarto de Jack.

Entre as surpresas da noite, Mark Rylance foi consagrado melhor ator coadjuvante por Ponte dos Espiões, vencendo o Rocky Balboa de Sylvester Stallone (do filme Creed: Nascido para Lutar), que era considerado o favorito para a premiação.

Mad Max: Estrada da Fúria dominou as categorias técnicas, com vitórias em edição, mixagem de som, edição de som, direção de arte, figurino e maquiagem. Ex-Machina: Instinto Artificial surpreendeu ao conquistar o prêmio em efeitos visuais, ganhando de blockbusters que custaram muito mais para serem produzidos.

A canção “Til It Happens to You” (do documentário The Hunting Ground) teve uma apresentação emocionante da cantora Lady Gaga, que levou vítimas de crimes sexuais ao palco e, de quebra, encheu de lágrimas os olhos do público do teatro Dolby e dos espectadores em casa — mas perdeu o Oscar, em uma derrota desconcertante, para a música “Writing's on the Wall” de 007 contra Spectre.

A polêmica do "Oscars So White" também marcou a edição. O mestre de cerimônia Chris Rock comentou, em seu monólogo de abertura e em diversas ocasiões ao longo da premiação, sobre a falta de indicados negros neste ano, sugerindo a falta de oportunidades e a desigualdade racial em Hollywood. A presidente da Academia prometeu, em seu discurso, medidas para corrigir esse problema nos próximos anos da premiação.

Confira os indicados e os vencedores (em negrito) do Oscar 2016:

Melhor Filme

  • Brooklyn
  • A Grande Aposta
  • Mad Max: Estrada da Fúria
  • Perdido em Marte
  • Ponte dos Espiões
  • O Quarto de Jack
  • O Regresso
  • Spotlight – Segredos Revelados (Vencedor)

Melhor Diretor

  • Adam McKay, por A Grande Aposta
  • George Miller, por Mad Max: Estrada da Fúria
  • Lenny Abrahamson, por O Quarto de Jack
  • Alejandro G. Iñárritu, por O Regresso (Vencedor)
  • Tom McCarthy, por Spotlight – Segredos Revelados

Melhor Ator

  • Bryan Cranston, por Trumbo: Lista Negra
  • Matt Damon, por Perdido em Marte
  • Leonardo DiCaprio, por O Regresso (Vencedor)
  • Michael Fassbender, por Steve Jobs
  • Eddie Redmayne, por A Garota Dinamarquesa

Melhor Atriz

  • Cate Blanchett, por Carol
  • Brie Larson, por O Quarto de Jack (Vencedora)
  • Jennifer Lawrence, por Joy: O Nome do Sucesso
  • Charlotte Rampling, por 45 Anos
  • Saoirse Ronan, por Brooklyn

Melhor Ator Coadjuvante

  • Christian Bale, por A Grande Aposta
  • Tom Hardy, por O Regresso
  • Mark Ruffalo, por Spotlight – Segredos Revelados
  • Mark Rylance, por Ponte dos Espiões (Vencedor)
  • Sylvester Stallone, por Creed: Nascido para Lutar

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Jennifer Jason Leigh, por Os 8 Odiados
  • Rooney Mara, por Carol
  • Rachel McAdams, por Spotlight – Segredos Revelados
  • Alicia Vikander, por A Garota Dinamarquesa (Vencedora)
  • Kate Winslet, por Steve Jobs

Melhor Roteiro Original

  • Divertida Mente
  • Ex-Machina: Instinto Artificial
  • Ponte dos Espiões
  • Spotlight – Segredos Revelados (Vencedor)
  • Straight Outta Compton - A História do N.W.A.

Melhor Roteiro Adaptado

  • Brooklyn
  • Carol
  • A Grande Aposta (Vencedor)
  • Perdido em Marte
  • O Quarto de Jack

Melhor Longa de Animação

  • Anomalisa
  • Divertida Mente (Vencedor)
  • O Menino e o Mundo
  • Quando Estou com Marnie
  • Shaun: O Carneiro

Melhor Filme Estrangeiro

  • A War (Dinamarca)
  • Embrace of the Serpent (Colômbia)
  • Cinco Graças (França)
  • O Filho de Saul (Hungria) (Vencedor)
  • Theeb (Jordânia)

Melhor Fotografia

  • Carol
  • Mad Max: Estrada da Fúria
  • Os 8 Odiados
  • O Regresso (Vencedor)
  • Sicario: Terra de Ninguém

Melhor Edição

  • A Grande Aposta
  • Mad Max: Estrada da Fúria (Vencedor)
  • O Regresso
  • Spotlight – Segredos Revelados
  • Star Wars: O Despertar da Força

Melhores Efeitos Visuais

  • Ex-Machina: Instinto Artificial (Vencedor)
  • Mad Max: Estrada da Fúria
  • Perdido em Marte
  • O Regresso
  • Star Wars: O Despertar da Força

Melhor Direção de Arte

  • A Garota Dinamarquesa
  • Mad Max: Estrada da Fúria (Vencedor)
  • Perdido em Marte
  • Ponte dos Espiões
  • O Regresso

Melhor Figurino

  • Carol
  • Cinderela
  • A Garota Dinamarquesa
  • Mad Max: Estrada da Fúria (Vencedor)
  • O Regresso

Melhor Maquiagem

  • Mad Max: Estrada da Fúria (Vencedor)
  • The 100-Year-Old Man Who Climbed Out the Window and Disappeared
  • O Regresso

Melhor Edição de Som

  • Mad Max: Estrada da Fúria (Vencedor)
  • Perdido em Marte
  • O Regresso
  • Sicario: Terra de Ninguém
  • Star Wars: O Despertar da Força

Melhor Mixagem de Som

  • Mad Max: Estrada da Fúria (Vencedor)
  • Perdido em Marte
  • Ponte dos Espiões
  • O Regresso
  • Star Wars: O Despertar da Força

Melhor Trilha Sonora Original

  • Carol
  • Os 8 Odiados (Vencedor)
  • Ponte dos Espiões
  • Sicario: Terra de Ninguém
  • Star Wars: O Despertar da Força

Melhor Canção Original

  • “Earned It”, de Cinquenta Tons de Cinza
  • “Manta Ray”, de Racing Extinction
  • “Simple Song #3”, de Juventude
  • “Til It Happens to You”, de The Hunting Ground
  • “Writing's on the Wall”, de 007 contra Spectre (Vencedor)

Melhor Documentário

  • Amy (Vencedor)
  • Cartel Land
  • The Look of Silence
  • What Happened, Miss Simone?
  • Winter on Fire: Ukraine’s Fight for Freedom

Melhor Curta-Metragem Documentário

  • A Girl in the River: The Price of Forgiveness (Vencedor)
  • Body Team 12
  • Chau, Beyond the Lines
  • Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah
  • Last Day of Freedom

Melhor Curta-Metragem

  • Ave Maria
  • Day One
  • Everything Will Be Okay (Alles Wird Gut)
  • Shok
  • Stutterer (Vencedor)

Melhor Curta de Animação

  • Bear Story (Vencedor)
  • Prologue
  • Sanjay's Super Team
  • We Can't Live without Cosmos
  • World of Tomorrow

E você, o que achou da cerimônia deste ano? Deixe abaixo o seu comentário.

Via Minha Série.