Como você deve saber, a CIA negou durante anos que tivesse qualquer interesse em casos relacionados com o suposto avistamento de naves alienígenas. Porém, a verdade é que a agência norte-americana levou essa questão muito a sério e investigou inúmeros incidentes estranhos registrados pelo mundo — e provavelmente continua investigando até hoje.

Tanto isso acontece que a CIA disse ter liberado no final da década de 70 centenas de documentos que detalham investigações conduzidas pela agência entre os anos 40 e 50 sobre casos envolvendo objetos voadores não identificados. Essa declaração, evidentemente, só levantou suspeitas entre a turminha que adora uma boa teoria da conspiração de que a CIA podia estar ocultando informações.

Arquivo X

Agora, entrando no clima da nova temporada de “Arquivo X”, que estreou esta semana, a CIA resolveu reacender algumas controvérsias do passado e selecionou uma lista de casos em que os agentes Scully e Mulder adorariam pôr as mãos se pudessem!

Os documentos são arquivos digitalizados — disponibilizados em formato PDF —, e você pode investigá-los através deste link. A agência inclusive postou uma série de dicas detalhando como as investigações envolvendo supostos discos voadores devem ser conduzidas.

Entre os casos selecionados para o Mulder, está o de avistamentos de discos voadores no leste da Alemanha, sobre as minas de urânio que os belgas mantinham no Congo, e sobrevoando a Espanha e o Norte da África, tudo isso em 1952.

Já para a Scully, a CIA separou casos envolvendo um memorando do Painel Científico Consultivo sobre OVNIs, um documento oficial sobre registros de discos voadores e a ata de uma reunião em que se discutiram temas relacionados com esses objetos, todos produzidos entre os anos 1952 e 1953.

A verdade está lá fora

Enquanto muita gente classificou a iniciativa da CIA como espirituosa, é claro que também tem quem achou a iniciativa muito esquisita. Isso porque os relatórios foram liberados pela agência norte-americana três semanas depois de a candidata à presidência Hilary Clinton prometer que, se vencer as eleições, investigará devidamente o que o Governo dos EUA sabe sobre discos voadores e alienígenas.

A candidata ainda anunciou que, se for eleita, pretende nomear uma comissão para averiguar o que, afinal, acontece na Área 51 — e se realmente o local guarda os destroços da nave que se acidentou em Roswell em 1947 e se existem cadáveres de seres extraterrestres por lá.

Além disso, Stephen Bassett, diretor executivo do Paradigm Research Group — um grupo que investiga casos relacionados com OVNIs —, que faz campanha para que o Governo dos EUA admita que a Terra é visitada por aliens, acredita que a divulgação dos casos pela CIA tem a ver com as declarações de Hilary.

Segundo Bassett, a agência exerceu um importante papel ocultando informações durante seis décadas e está aproveitando a estreia do seriado para admitir publicamente que, no passado, esteve envolvida em investigações sobre a presença de seres extraterrestres no nosso planeta. Os documentos publicados pela CIA esta semana são reais e certamente ainda darão o que falar — entre os céticos e entre aqueles que preferem acreditar que a verdade ainda está lá fora.

Você acha que a CIA esconde informações do público sobre seres alienígenas? Comente no Fórum do Mega Curioso

Via Mega Curioso.