Patrick Hardison levava uma vida normal até o começo de setembro de 2001. Porém, uma semana antes dos atentados que devastaram a nação norte-americana naquele mês, Hardison enfrentou a sua própria tragédia pessoal: ele sofreu sérias queimaduras enquanto participava, como voluntário, contra um incêndio.

Ele ficou desfigurado desde então, mas uma cirurgia gigantesca mudou a sua vida em agosto deste ano. Hardison recebeu o maior transplante de rosto já realizado no mundo, em uma operação que envolveu mais de 150 médicos e durou 26 horas! As chances de sobrevivência eram de 50% – e, mesmo assim, o bombeiro voluntário viu na cirurgia a sua salvação. O procedimento ocorreu em novembro de 2015

O rosto foi doado pelos familiares de David Rodebaugh, de 26 anos. Ele teve morte cerebral depois de sofrer um grave acidente com ciclismo – ele era entusiasta de esportes radicais. “Eu espero que eles vejam em mim a gratidão pela sua bondade”, explicou Hardison. “Patrick é lindo”, disse a mãe do ciclista, responsável por autorizar a doação.

Doador era praticante de ciclismo e faleceu em um acidente esportivo

Cirurgia complexa

Dessa maneira, Patrick Hardison recebeu um rosto com praticamente a mesma idade que ele tinha quando sofreu acidente (27 anos). Na época, chegou a ficar 63 dias internado e seus médicos disseram que ele só não perdeu a visão porque fechou bem os olhos quando sentiu o teto da casa em chamas caindo sobre ele.

Atualmente, Hardison está recomeçando a vida aos 41 anos. Ele também está “reaprendendo” a enxergar, já que boa parte de sua visão ficou comprometida com a deformidade de sua pálpebra queimada – algo que as 71 cirurgias plásticas anteriores não haviam conseguido resolver.

O transplante foi realizado em agosto no New York University Langone Medical Center, mas só agora seus resultados foram divulgados. Hardison recebeu o couro cabeludo, as orelhas, o nariz, os lábios e as pálpebras superiores e inferiores do doador – agora ele pode, inclusive, piscar novamente. Ele terá, porém, que tomar remédios para o resto da vida para seu corpo não rejeitar os novos tecidos.

Animação explica como foi o transplante de Patrick

Outros casos

Apesar da cirurgia de Patrick ter sido a mais complexa já realizada em todo o mundo até hoje no campo do transplante facial, outros pacientes já chamaram a atenção com histórias inacreditáveis de superação. Uma jovem polonesa chamada Joanna, de 26 anos, precisou passar pela cirurgia após sofrer de uma doença degenerativa que transformou o seu rosto.

Já Richard Norris recebeu uma nova face 18 anos após uma arma de fogo explodir em seu rosto. Ele recebeu os tecidos de um jovem que faleceu em um acidente automobilístico. O encontro emocionante de Norris com a irmã do doador virou um documentário.

Patrick analisa como ficou o seu rosto logo após o transplante

***

O que você achou dessa mudança? Toparia participar de um procedimento tão arriscado?

***

Confira o mais complexo transplante facial já realizado no mundo! E depois comente no Fórum do Mega Curioso

Via Mega Curioso.