Tesouro natural: floresta de quase 300 milhões de anos é descoberta na China

Incrível floresta estava enterrada embaixo de uma mina de carvão chinesa.
  • Visualizações39.414 visualizações
Por Lucas Karasinski em 22 de Fevereiro de 2012

Tesouro natural: floresta de quase 300 milhões de anos é descoberta na ChinaComo seria a floresta cerca de 300 milhões de anos atrás (Fonte da imagem: Reprodução/Universidade da Pensilvânia)

Uma mina de carvão localizada perto de Wuda, na Mongólia Interior, no norte da China, guardava um segredo que deixou cientistas chineses e norte-americanos boquiabertos: uma floresta pantanosa de 298 milhões de anos totalmente conservada.

A descoberta está sendo tratada pelos cientistas como a “Pompéia do período Permiano”. Isso porque assim como na famosa cidade romana, aqui as cinzas vulcânicas também foram as responsáveis diretas pela manutenção de tudo de forma praticamente intacta.

Segundo os cientistas (em matéria publicada no site da Universidade da Pensilvânia), estas cinzas foram capazes de permitir que árvores, plantas e até mesmo folhas fossem mantidas exatamente como estavam 298 milhões de anos atrás, no momento da erupção do vulcão.

Centenas de toneladas de cinzas teriam soterrado a floresta, conservando tudo abaixo da terra até que estes fósseis pudessem ser encontrados.

E com a descoberta, os estudiosos estão conseguindo realizar um mapeamento da região para apontar com mais precisão como era formada a vegetação da época. Até agora foram identificadas seis grupos de árvores, incluindo algumas com mais de 24 metros de altura.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!