Vídeo mostra como será a Terra daqui a 100 milhões de anos

Movimento natural das placas tectônicas vai resultar no surgimento de um supercontinente conhecido como Amasia.
  • Visualizações21.513 visualizações
Por Felipe Gugelmin em 9 de Fevereiro de 2012

Caso algum de nós estivesse vivo daqui a 100 milhões de anos, provavelmente nos surpreenderíamos com o formato que a Terra vai adquirir. Esqueça divisões entre a Europa, Ásia e a América: no futuro, nosso planeta será constituído por um único supercontinente, batizado por cientistas com o nome Amasia.

Em um estudo publicado na revista Nature e reproduzido pela CNN, o geólogo Ross Mitchell, da Universidade de Yale, propõe uma nova teoria que explica como o novo continente será formado. O processo é um reflexo do comportamento natural das placas tectônicas que constituem o planeta, que tende a unir e separar as massas em ciclos constantes.

Até o momento, houve pelo menos três supercontinentes que em algum momento formaram a Terra: Nuna (1,8 bilhão de anos atrás), Rodinia (há 1 bilhão de anos) e Pangea (300 milhões de anos atrás). Segundo Mitchell, a Amasia terá sua forma pronta em um período que varia entre 50 a 200 milhões de anos — o pesquisador afirma que o processo já está na metade de seu ciclo de formação.

Considerando o processo de evolução dos mamíferos nos últimos 20 milhões de anos, que estabelece um período de vida médio de 2 milhões de anos para cada espécie, provavelmente não haverá qualquer pessoa vivendo no supercontinente. “Nenhum de nós estará por aqui daqui a 100 milhões de anos para comprovar a precisão dos modelos que fizemos, mas não deixa de ser interessante pensar como a humanidade se encaixa nessa grande dança tectônica”, afirma o geólogo.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!