A Google anunciou nesta segunda-feira (25) que vai doar o equivalente a US$ 5,3 milhões (R$ 21,6 milhões) em Chromebooks para organizações não lucrativas que ajudam refugiados na Alemanha. O objetivo da companhia é permitir que essas pessoas se reconectem à rede mundial de computadores — algo essencial para que os produtos de baixo custo funcionem.

As doações vão ser realizadas pelo Google.org, braço de caridade da companhia que apoia o programa Project Reconnect, cujo objetivo é “facilitar o acesso à educação a refugiados”. O anúncio foi feito quatro meses após a Gigante das Buscas prometer US$ 5,5 milhões em doações para ajudar na crise de refugiados, a maior parte deles sírios.

A Alemanha não é o único país a receber uma grande quantidade de estrangeiros, mas se mostrou um dos locais mais amistosos em relação a essa chegada. Somente em 2015, o país registrou mais de 1 milhão de imigrantes, o que justificaria o foco da ajuda que está sendo realizada pela Google no momento atual.

“Como realizam uma jornada perigosa, a primeira coisa que esses refugiados precisam é encontrar abrigo, comida e acesso médico”, afirmou Jaqueline Fuller, diretora da empresa. “Mas logo elas têm que aprender a língua local, adquirir habilidades para trabalhar e descobrir como continuar seus estudos — tudo em um esforço para se conectar à vida que tinham antes”.

Cada organização não governamental que atua no país pode solicitar até 5 mil Chromebooks, de um total de 25 mil oferecidos. A preferência vai ser dada a entidades e grupos que demonstram o impacto positivo que os aparelhos podem ter ao oferecer acesso direto a refugiados e facilitar o acesso a programas e recursos considerados críticos.

Qual é a sua opinião sobre a iniciativa da Google? Comente no Fórum do TecMundo