Outro anúncio monstruoso da Razer na CES 2016: a webcam Razer Stargazer, que possui uma das melhores qualidades de captura de vídeo entre produtos da categoria e simplifica configurações tradicionalmente utilizadas por streamers. O TecMundo está no evento de Las Vegas, nos EUA, que se encerra neste sábado, dia 9.

O dispositivo é o primeiro com qualidade suficiente para ser usado em produções profissionais de streaming. A webcam tem padrão de captura a 60 quadros por segundo em resolução de 720p e também pode gravar em 1080p a 30 quadros por segundo. A Razer Stargazer ainda conta com um sistema automático de cancelamento de ruído e outro de captação de microfone por duas matrizes.

Reforçada pela tecnologia Intel RealSense SR300, a Stargazer conta com recursos de última geração que superam os limites do que normalmente uma webcam é capaz de fazer, como sua capacidade de detectar inteligentemente a profundidade do campo de visão para separar os planos da frente e do fundo – tarefa compatível com softwares populares de transmissão, como OBS, XSplit e Razer Cortex: Gamecaster.

A primeira webcam da Razer também tem uma função dinâmica de remoção de background que acaba com a necessidade de se fazer os tradicionais ajustes de tela verde usados em transmissões ao vivo via web. Essa competência pode ser usada tanto com jogos como em videoconferências por Skype e outros programas como FaceRig, QQ Video e ooVoo.

Já o escaneamento 3D de rostos e objetos é funcional para que os usuários possam ver, com extrema precisão, cada objeto real transportado para uma imagem digital em Full HD. Essa função é especialmente interessante para o desenvolvimento de jogos, uma vez que as capturas em 3D podem ser facilmente usadas em motores gráficos, como o Unity.

A Razer Stargazer ainda oferece tecnologia de reconhecimento facial e gestual encontrada em uma webcam. Até 78 pontos do rosto e 22 de cada mão podem ser reconhecidos e rastreados pela câmera. Com esse novo sensor, os usuários têm a opção de desbloquear seus computadores com mais segurança utilizando a ferramenta de autenticação biométrica Windows Hello, abrir aplicativos apenas com gestos e experimentar um novo nível de imersão em jogos como Nevermind e Laserlife, que são controlados pelas expressões faciais e movimentos das mãos.

Min-Liang Tan, CEO e co-fundador da Razer, endossou o novo produto do portfólio da companhia. “As webcams não tiveram qualquer inovação real por vários anos, a não ser em termos de resolução. Há muito mais gente fazendo transmissões ao vivo e videoconferências do que jamais vimos, e suas necessidades estão em constante evolução. A Razer Stargazer pode revolucionar o trabalho feito por streamers de games, personalidades do YouTube, designers e desenvolvedores de games 3D com muitos benefícios também para o usuário comum de computador”, disse.

Especificações técnicas

A configuração da Stargazer é a seguinte:

  • Captura de 60 quadros por segundo em alta definição otimizada para as transmissões ao vivo via web (720p) 
  • Captura de vídeo com resolução máxima de 1080p em 30 fps
  • Sistema de cancelamento automático de ruído com microfone de matriz dupla
  • Sistema dinâmico de remoção de plano de fundo
  • Escaneamento 3D
  • Reconhecimento facial e gestual
  • Presilha flexível para notebooks e monitores de diferentes tamanhos
  • Processador Intel da 6ª Geração
  • Conectividade USB 3.0
  • Compatível apenas com Windows 10

Preço e disponibilidade

A Razer Stargazer será lançada em março deste ano no Brasil e custará R$ 1.299.

O que você acha da entrada da Razer no setor de webcams? Comente no Fórum do TecMundo.