(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

Você se lembra da BLU, uma pequena manufaturadora sediada na Flórida e que contava com smartphones capazes de bater de frente com modelos de grandes marcas (como a Samsung)?

Se você ficou animado com os dispositivos da empresa e triste pela pouca presença da companhia no Brasil, alegre-se: a fabricante pretende colocar alguns aparelhos nas gôndolas nacionais já a partir do mês de agosto. Os smartphones que virão para as terras tupiniquins são o high-end Life Play e o feminino Amour, que se destaca por suas características visuais bastante diferenciadas.

Visitamos o estande da BLU durante a Eletrolarshow 2013 (feira que ocorre em São Paulo capital até o dia 18 de julho) e experimentamos as novidades com o intuito de descobrir se elas realmente têm chances de emplacar em nosso país e agitar ainda mais a já ferrenha disputa no mercado de mobiles. Confira abaixo as especificações detalhadas e nossas primeiras impressões sobre cada um dos modelos!

(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

BLU Life Play

  • Display de 4,7 polegadas com 1280x720 de resolução e tecnologia IPS
  • Processador MediaTek MT6589 quad-core de 1,2 GHz e GPU PowerVR Series 5XT
  • 1 GB de memória RAM
  • 4 GB de armazenamento (expansível com cartão micro SD de até 32 GB)
  • Câmera traseira de 8 MP (com flash) e frontal de 2 MP
  • Conectividade: WiFi b/g/n, GPS, Bluetooth, 3G HSPA+ 42 Mbps 850/2100, 2.5G (GSM/GPRS/EDGE) 850/900/1900/1900 MHz
  • Dual SIM
  • Dimensões: 137 x 68,4 x 7,9 mm
  • Bateria de 1,800 mAh

Elegância, conforto e desempenho – em várias cores

O BLU Life Play não conta com um design muito inovador ou que seja muito diferente do que estamos acostumados a ver. O aparelho segue o padrão com bordas arredondadas e não conta com qualquer característica que realmente chame a atenção. O único diferencial é realmente a grande variedade de cores nas quais o produto estará disponível: além do clássico preto, será possível adquiri-lo com a traseira amarela, rosa, azul e branca.

O Life Play já vem de fábrica com o Android 4.2, versão mais recente do sistema operacional da Google. Durante nossa experimentação, a navegação pelos menus e por alguns apps nativos foi bastante tranquila e suave, não apresentando travamentos ou engasgos de qualquer tipo. Infelizmente, não pudemos executar softwares mais pesados ou realizar testes aprofundados de desempenho.

(Fonte da imagem: Divulgação/BLU)

A câmera traseira do celular também se mostrou satisfatória em condições normais de luminosidade. A frontal, como de praxe, apresenta uma qualidade de imagem bem menor e com maior granulação. Ainda assim, é o suficiente para realizar videoconferências em serviços de comunicação como o tradicional Skype.

No geral, o Life Play é um aparelho agradável. Leve, confortável, com uma tela bastante nítida e uma experiência de uso que (aparentemente) não deixa nada a desejar em comparação com modelos de marcas mais famosas. O produto está previsto para chegar ao varejo com preço sugerido de R$ 1,3 mil – um valor mediano, capaz de competir de forma feroz com outros flagships. Só nos resta saber se o smartphone consegue agradar a longo prazo e se os consumidores não ficarão com “um pé atrás” na hora de investir em uma marca que ainda não tem nome no território brasileiro.

(Fonte da imagem: Divulgação/BLU)

BLU Amour

  • Display TFT de 4 polegadas e 480x800 de resolução
  • Processador MediaTek MT6577 dual-core de 1 GHz e GPU PowerVR SGX531
  • 512 MB de memória RAM
  • 4 GB de armazenamento (expansível com cartão micro SD de até 64 GB)
  • Câmera traseira de 5 MP (com flash) e frontal VGA
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 b/g/n, GPS, Bluetooth, 3G HSPA+ 42 Mbps 850/2100, 2.5G (GSM/GPRS/EDGE) 850/900/1900/1900 MHz
  • Dimensões: 128 x 65,5 x 11,6 mm
  • Bateria de 1.600 mAh

Tecnologia com toque feminino

Feito sob medida para as mulheres, o BLU Amour pode ser considerado um dispositivo de entrada e impressiona por sua aparência requintada. Pronto para sua característica mais marcante? A tecla Home do aparelho é feita com um legítimo e belíssimo cristal Swarovski! Além disso, sua traseira imita couro e conta com um pequeno desenho de uma rosa na região inferior, conferindo ao dispositivo um visual bastante atraente e luxuoso.

(Fonte da imagem: Divulgação/BLU)

Infelizmente, é só. De resto, o Amour é um produto com hardware mediano e praticamente já ultrapassado, principalmente no que diz respeito à baixíssima resolução do display. Logo, trata-se realmente de um aparelho voltado para quem procura algo visualmente atraente e não está tão preocupado com os quesitos mais técnicos.

O modelo também deve chegar nos próximos meses (final de agosto e início de setembro), mas ainda não conta com preço sugerido (nos Estados Unidos, ele custa cerca de US$ 159).