O que você precisa saber sobre desbloqueio de celular

Agora é lei: toda operadora precisa desbloquear o celular de graça, mas você sabe o que precisa ser feito para conseguir isso?
  • Visualizações33.058 visualizações
Por Camila Camargo em 3 de Maio de 2010

Recentemente a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) determinou que toda operadora tem que desbloquear os celulares de seus usuários a qualquer momento e de graça. No papel tudo é lindo, mas na realidade não é bem assim que está acontecendo. Para não ter erro na hora de solicitar o desbloqueio do seu aparelho, confira neste artigo algumas dicas para ficar por dentro de seus direitos.

Toda a polêmica envolvendo o desbloqueio começou em junho de 2007. O site Bloqueio Não foi um dos primeiros meios a reunir e informar os consumidores. Já em 2008, um abaixo-assinado com 1,5 milhão de assinaturas garantiu o direito ao desbloqueio, o que causou uma corrida às lojas para aproveitar a nova resolução.

Em março de 2010 a Anatel determinou que todo consumidor tem direito ao desbloqueio, a qualquer momento e de graça, basta ir até a operadora e solicitar. Porém, para este processo se completar, muitos entraves ainda são estabelecidos pelas operadoras, por isso ficar atento à lista de requisitos e conhecer a lei é sua arma nesta guerra. 

O que é o desbloqueio?
Com a chegada da tecnologia GSM e sua implantação em todas as operadoras, ficou mais fácil trocar de aparelho e manter o mesmo número, agenda, créditos e informações, pois tudo está centralizado no chip.

Por esse motivo, as empresas vendiam apenas celulares bloqueados. Com isso, somente pessoas com o chip daquela operadora poderiam usar o aparelho bloqueado por ela. O desbloqueio permite que qualquer chip seja compatível com o celular, dessa forma se você tem um chip da operadora X e outro da Y, pode usá-los no mesmo aparelho.

Bloquear não pode

Qual a vantagem do desbloqueio?
Por haver vários provedores de serviços de telefonia móvel, é seu direito como consumidor escolher o melhor, por isso, ao desbloquear seu celular é possível mudar de operadora sempre que desejar. Seja para testar um serviço, aproveitar uma promoção, receber bônus para falar com os amigos, enfim, por qualquer motivo. Além disso, ao comprar o aparelho ele é seu, ninguém pode impedi-lo de usá-lo da forma que quiser.
Como solicitar?
Cada operadora possui suas regras para desbloquear. Algumas são mais receptivas, outras nem tanto. Por padrão e recomendação da Anatel, sempre que for solicitar o desbloqueio, leve até a operadora ou loja em que você adquiriu o celular a nota fiscal do produto e sua identidade.

Não se esqueça de solicitar o protocolo de atendimento, nome do atendente e data da solicitação. Caso seu pedido não seja atendido, entre em contato com o Procon da sua cidade, Anatel ou sites que reúnem reclamações.
Dever das operadoras
Como dito anteriormente, o consumidor tem o direito ao desbloqueio a qualquer momento e de graça. A súmula 8 da Anatel, publicada em 19 de março de 2010, apresenta a seguinte determinação:

“O desbloqueio de Estação Móvel é direito do usuário do SMP que pode ser exercido a qualquer momento junto à Prestadora responsável pelo bloqueio, sendo vedada a cobrança de qualquer valor ao usuário pela realização desse serviço.”

Tire as correntes

A mesma gratuidade se refere aos casos em que o consumidor contrata um plano pós-pago com o valor do aparelho subsidiado pela prestadora. Sendo assim, é seu direito comprar um aparelho com subsídio e pedir o desbloqueio, porém você precisa cumprir o plano contratado, principalmente no quesito tempo.  

Isso quer dizer que a operadora não pode proibir que você use serviços de concorrentes, mas pode mantê-lo “preso” a um contrato de fidelidade. Neste caso, também é vedada a cobrança pelo desbloqueio, pois você não está deixando de cumprir sua parte no contrato ao desbloquear o celular.

Jailbreak e desbloqueio

Agora que os produtos Apple estão na moda, provavelmente você já ouviu a palavra Jailbreak. Em linhas gerais, ela também significa desbloqueio, mas abrange tanto o de serviços quanto o de aplicativos.

O Jailbreak é destinado aos produtos Apple, como o iPhone e iPod Touch, pois estes possuem restrições quanto ao download e uso de programas não oficiais. Ao fazer o Jailbreak é possível baixar e usar qualquer aplicativo ou habilitar um aparelho que tinha uso exclusivo nos EUA, por exemplo. Para saber mais sobre o assunto, leia o artigo “O que é Jailbreak”.

Se estiver  bloqueado, exija o desbloqueio


Para ficar por dentro de tudo o que rola sobre este assunto e saber quais são seus direitos, sempre fique atento ao site da Anatel, pois por meio dele você sabe todos os passos que são dados em direção aos seus interesses.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!