O que são e como funcionam os carregadores indutivos para celulares?

Conheça um pouco mais sobre estes carregadores sem fio que transformam força magnética em energia elétrica.
  • Visualizações36.103 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 12 de Janeiro de 2010

Pense na seguinte situação: você foi acampar e a bateria de seu celular e, obviamente, não se encontra uma tomada por perto. Normalmente você esperaria até o retorno para recarregar seu aparelho e então poder usá-lo novamente.

Contudo, se você possuísse um carregador indutivo para seu telefone móvel, o problema seria facilmente resolvido, mesmo sem nenhuma tomada por perto. Isso porque carregadores indutivos são providos de um sistema que, quando acoplado ao dispositivo a ser carregado, cria um campo magnético e transforma-o em energia elétrica.

Assim, sem nenhuma fonte de energia elétrica tradicional e também sem nenhum fio, seu celular pode ser carregado tão eficientemente quanto se estivesse passado algumas horas plugado no carregador ligado em uma tomada.

Como funcionam os carregadores indutivos?

Apesar de parecer algo complicado, estes aparelhos têm um funcionamento relativamente simples. Quando o celular fica sem bateria ele é acoplado ao carregador indutivo. Dentro do carregador se localizam algumas bobinas que começam a se movimentar. Essa movimentação gera um breve campo magnético que servirá como fonte de energia para seu celular.

O carregador indutivo capta a energia do campo magnético e suas placas internas convertem-na em energia elétrica. A partir de então, a energia gerada pela conversão do carregador é transmitida sem fio para seu celular, que volta a ter carga e pode ser utilizado normalmente!

Hug System / Foto: Divulgação

Um bom exemplo deste aparelho é o Hug System, da fabricante Hug. Ele é carregador indutivo para iPhone e funciona exatamente como o descrito acima. Além disso, em seu case encontra-se também um carregador elétrico para a tomada. Seu preço: US$ 89,99.

Carregador indutivo com fio

Porém, existem outros modelos de carregadores indutivos que necessitam ser conectados aos dispositivos para carregá-los. É o caso do iYo, outro carregador para iPhone, criado pelo sueco Peter Thuvande, um usuário que utiliza somente a energia solar para carregar seu aparelho e gostaria de aproveitar a noite para dar nova carga ao seu dispositivo.

iYo / Foto: Divulgação

O iYo é um ioiô e também faz uso da indução magnética para gerar energia elétrica. Ele funciona assim: o magnetismo gerado pela movimentação do ioiô é convertido pelo aparelho em energia elétrica. Essa energia é armazenada em uma bateria de lítio existente no iYo e transferida ao iPhone quando ambos os dispositivos estão plugados.

Vantagens

Sem a menor sombra de dúvidas, carregadores indutivos possuem vantagens. A principal dela talvez seja o fato de não consumir nenhum recurso natural para produzir energia elétrica, afinal, a indução magnética é a fonte da energia que carrega celulares, MP3 players, controles de video games, aparelhos de barba, escovas de dente etc.

Além disso, como não se manipula nenhuma fonte com energia elétrica, nem tomadas ou fios, a possibilidade de choque elétrico cai a zero, tornando este tipo de dispositivo, além de ecológico, muito mais seguro que os carregadores convencionais.

Desvantagens

Alguns apontam como desvantagens para este sistema o fato de sua baixa eficiência, o que impede que funcione em equipamentos que demandem mais energia. Porém, para celulares e outros dispositivos pequenos ele é o suficiente. Outro problema é a possibilidade de superaquecimento quando do carregamento de dispositivos mais antigos.

Grande problema: poucas fabricantes

Apesar de propor algo diferente, com energia limpa e sem consumo de recursos naturais, os carregadores indutivos ainda estão longe de ser uma realidade para a enorme maioria dos dispositivos eletrônicos. Tanto é que, por enquanto, nenhuma empresa brasileira disponibiliza os aparelhos e até mesmo lá fora o mercado é bastante restrito.

De qualquer forma, é uma ótima iniciativa e que merecia um pouco mais de atenção das fabricantes de telefones celulares, dispositivos de reprodução multimídia, controles de vídeo game e quaisquer outros aparelhos portáteis, afinal, carregadores indutivos significam economia de recursos para a você e para o planeta Terra.

O que são e como funcionam os carregadores indutivos para celulares?

Agora é sua vez, usuário, diga-nos o que achou desta nova tecnologia e se acredita que ela pode vingar ou se é mais uma nuvem passageira. Registre sua opinião nos comentários e ajude a expandir o assunto. Um abraço a todos.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!