5 problemas "comuns" com cartões SD e como resolvê-los

Usar cartões SD pode ser uma ótima saída para aumentar o espaço de armazenamento de forma rápida, mas tal prática pode ter alguns problemas.
  • Visualizações309.237 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 10 de Abril de 2012

É cada vez mais comum a utilização de cartões de memória SD e microSD para expandir a capacidade de armazenamento de algum dispositivo. Isso acontece porque smartphones, celulares convencionais, tablets, reprodutores multimídias e inclusive PCs (desktops e laptops) têm suporte para os cartões.

Entretanto, como quase tudo no mundo da tecnologia, é provável que cedo ou tarde você encontre algum problema. Salvo casos mais específicos, as complicações com cartões SD costumam ser sempre semelhantes, então, o Tecmundo levantou uma lista com cinco delas — e também as suas soluções.

Adaptador

Normalmente, desktops e laptops suportam apenas cartões do tamanho “normal”, portanto, para espetar seu microSD neles é preciso de um adaptador. Quando você insere o cartão no PC e ele não é reconhecido, é provável que o problema esteja no adaptador.

5 problemas Cartão microSD e adaptador. (Fonte da imagem: Divulgação/Kingston)

 Além de problemas físicos, há ainda a questão de formato: cada tipo de cartão funciona com um determinado tipo de adaptador. Essa peça normalmente acompanha o microSD quando você o adquire, porém, caso seja necessário adquirir um novo dispositivo, fique atento para a compatibilidade dos formatos.

Uma opção mais completa é o adaptador estilo pendrive. Ele tem até mesmo o formato igual ao de um dispositivo de armazenamento USB, e basta você espetar o cartão nele para usá-lo normalmente, inserindo-o em uma porta compatível do computador ou dispositivo portátil.

Formatação do cartão

Alguns dispositivos formatam o cartão de memória quando este é inserido. Como existem vários tipos de formatação, é provável que você não consiga ler o cartão de memória em outro equipamento. Por exemplo, o microSD formatado no celular pode não funcionar corretamente no computador.

Dos problemas mais comuns, este talvez seja o menos provável, visto que atualmente os sistemas operacionais estão aptos a trabalhar com diversos formatos de arquivo sem muitos problemas. Entretanto, se encontrar dificuldades, uma formatação simples para o formato desejado deve resolver. Uma opção simples e eficiente para este tipo de procedimento é o Hard Drive Eraser.

Dispositivo de proteção

Outro problema comum é a trava de proteção contra gravação de dados existentes nos cartões de memória. Tal qual as que existiam em disquetes (alguém ainda se lembra deles?), quando acionado, este dispositivo de segurança impede qualquer tipo de modificação no conteúdo do cartão. Se você está com algum problema assim, verifique a trava do seu SD.

5 problemas Dispositivo de proteção impede que conteúdo do cartão seja alterado. (Fonte da imagem: Divulgação/Kingston)

Software de segurança

Alguns cartões de memória, assim como dispositivos USB, trazem consigo sistemas próprios de proteção contra acesso indevido. Como estes softwares são protegidos com senha, às vezes você fica impossibilitado inclusive de remover todo o conteúdo ali existente para reutilizar o cartão.

A solução aqui seria a destruição completa de todos os dados, o que também pode ser feito com o Hard Drive Eraser. Além de simplesmente formatar uma unidade de disco (rígido ou memória flash), este aplicativo possui ferramentas para destruir dados completamente.

Aqui, vale fazer um adendo. Alguns dispositivos da Nokia adicionam um sistema de segurança próprio ao cartão de memória, sem seu conhecimento. Se isso ocorrer, você pode abrir a pasta “MMC store”, copiar seu conteúdo para o PC e abri-lo com o Bloco de notas. Lá, você encontrará a senha para desbloquear o microSD. Há ainda a possibilidade de formatação completa, tal qual a indicada no parágrafo anterior.

Ícone do cartão não é exibido

A última ocorrência da nossa lista diz respeito mais ao hardware do que ao cartão em si. Se você espetou o SD no computador, mas o ícone dele não aparece disponível, é provável que o problema seja consumo excessivo de memória virtual. O remédio, aqui, é encerrar todos os aplicativos dispensáveis e deixar o PC ocioso um pouco.

Outras dicas são reiniciar a máquina ou então usar um aplicativo para otimizar o uso da memória RAM, como RAMBooster, Rizone Memory Booster ou Memory Optimizer Pro.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!