Crie seu próprio blog em menos de cinco minutos

Houve um tempo em que ter um blog foi algo tão difícil a ponto de dar status apenas por tê-lo. Hoje, um blogueiro de sucesso precisa muito mais do que uma estrutura. Dê os seus primeiros passos!
  • Visualizações35.399 visualizações
Por Luísa Barwinski em 5 de Maio de 2010

Quem já tem os seus vinte e poucos anos na data de hoje, deve ter conhecido serviços como o Blogger e o Weblogger.com. Essas duas plataformas fizeram a alegria dos primeiros usuários interessados em espalhar suas informações pela web de maneira prática e, em alguns casos, até mesmo de utilidade pública.

Acontece que nos primeiros cinco anos do terceiro milênio os blogs tinham um formato ligeiramente diferente deste que vemos hoje. Até então, esses espaços digitais nada mais eram do que extensões do “querido diário” que muita gente ainda mantinha debaixo do colchão. Com a chegada da internet às casas e lan-houses , expor algumas ideias e compartilhar opiniões foi algo muito comum nesses “diários digitais”.

Graças a esta malfadada experiência inicial dos blogs, o estigma de página estritamente pessoal ainda se mantém em muitos ambientes – principalmente os corporativos - e alguns usuários domésticos também o usam apenas com esse fim. Atualmente, o que se vê pela blogosfera é algo difícil de acreditar às vezes.

De acordo com uma pesquisa realizada  no ano passado pelo maior agregador de blogs da web, o número de blogs criados no ano de 2008 superou a marca de 133 milhões – que hoje já supera, seguramente, 200 milhões. Com o passar dos anos, ter um blog ficou mais fácil  e os temas sobre os quais os novos blogueiros escrevem ficaram mais sérios, também.

O que é blog e o que é site?

O que é um blog?Muita gente confunde “blog” com “site”, justamente pelo fato de os dois estarem disponíveis na web da mesma maneira. Entretanto, existem diferenças sensíveis. Entende-se, por site, uma estrutura estática como conteúdos fixos e muitos deles não são tão frequentemente atualizados.

Na outra mão, vêm os blogs, que têm como principal característica alguma atualização periódica, ou seja, todos os dias, uma vez por semana ou outra frequência estabelecida por você mesmo. Os blogs não precisam ter, obrigatoriamente, algum complemento no endereço como “Blogspot” ou “Wordpress”, por exemplo. Um blog pode existir com o endereço “.com” ou “.com.br”.

Portanto, o que você vai aprender a criar neste tutorial é um blog que tem, sim, uma extensão no endereço. Neste caso, a plataforma utilizada é o Tumblr – uma espécie de blog rápido e muito simples de se fazer.

Pré-requisitos

Antes de começar a blogar, você precisa fazer uma pequena checklist dos pré-requisitos para iniciar a sua vida online. Veja os itens abaixo:

  • Conta no Tumblr (clique aqui para criar a sua);
  • Domínio razoável da língua inglesa;
  • Bastante criatividade e disposição!

CRIANDO SEU BLOG

Estrutura

Logo que você acessa a página inicial do Tumblr, vê alguns campos para a inserção de dados. Ali, você deve preencher todos eles de modo a criar a sua conta. Esse processo leva, ao todo, menos de dois minutos – caso você já tenha ideia de qual será o nome do blog. Do contrário, quebrar a cabeça pensando nisso pode demorar alguns minutos.

Crie seu Tumblr!

Depois de ter definido um nome e um endereço para o seu blog – que terá a extensão “.tumblr.com” depois do título escolhido –, é hora de começar a personalizar o seu cantinho virtual. Logo que você entra, uma janela é posicionada no canto esquerdo do seu monitor. Preencha os campos que estão faltando, como a descrição.

Adicione as informações!

Neste momento, você não precisa adicionar nada muito longo, basta dizer o propósito do seu blog, o tema ou então falar sobre você mesmo. Depois, é hora de escolher um tema para o seu Tumblr. O serviço possui opções pagas e outras gratuitas. Fica a seu critério escolher entre elas.

Quando o layout do seu blog já estiver escolhido, você pode personalizá-lo para que ele fique com a sua cara. Clique em “Appearece” (Aparência) na barra superior do Tumblr para abrir essa janela. Escolha as cores que combinarem melhor e pronto!

Escolha um tema!

O passo seguinte consiste em adicionar páginas. O seu blog pode conter conteúdos além daqueles que você posta normalmente na timeline, ou seja, linha do tempo dele. Para fazer isso, clique em “Pages” (Páginas) e em seguida, acesse “Add page” (Adicionar página). Feito isso, insira um título e um endereço para que o link entre a página e o blog seja feito.

Adicione páginas!

Depois de inserir páginas adicionais, é interessante que você se mostre “ao alcance” de quem lê as suas postagens. Para fazer isso, nada melhor do que deixar o seu contato através do item “Services” na barra de customização do Tumblr. Ali é possível adicionar seu perfil do Facebook, Twitter e outras formas de recepção de conteúdo.

Isso fica evidente quando o Tumblr exibe os campos para inserção da sua conta no FeedBurner e personalização de leitura para RSS Feeds. O próximo passo consiste em determinar as regras de interação com os leitores. Clique em “Community” e altere as autorizações de comentários para blogs que seguem o seu, ou libere-os para quaisquer usuários.

Edite as opções avançadas

Caso você deseje, permita que outras pessoas insiram conteúdos no seu blog. Porém, essa decisão depende muito da proposta que você adotou na criação da sua página. Então, pense bem antes de ativar este recurso.

Por último e não menos importante, está o link “Advanced” (Avançado). Ali é o espaço para inserir o fuso horário do país em que você está. Caso haja alguma dúvida sobre o horário correto, acompanhe as cidades que estão listadas logo ao lado. Se a cidade em que você mora não estiver ali, coloque a capital do país.

Assim que você terminar essas configurações básicas do seu blog, clique em “Save” (Salvar) ou “Save & Close” (Salvar e Fechar). Caso você não precise fazer nenhuma alteração, pode clicar no primeiro botão verde sem medo algum.

Pronto! A primeira parte deste tutorial acabou!

 

 

Hora do conteúdo!

Depois de ter clicado em “Save & Close”, o Tumblr vai redirecioná-lo para a página chamada “Dashboard”. Esta nada mais é do que o seu painel de controle de todas as informações que deverão cair na sua página principal do blog. Note a barra principal no topo da página – existem ícones específicos para cada tipo de conteúdo que você desejar inserir.

Escolha o ícone para adicionar!

Texto

Assim, sempre que você quiser inserir apenas textos, clique no primeiro ícone e preencha os campos com as informações que pretende publicar. Não se esqueça de adicionar um título bastante atraente e o conteúdo interessante para os seus leitores! Quando terminar, clique no botão verde para publicar!

Adicione um título!

Formate como achar melhor!

Imagem

O Tumblr também é uma excelente maneira de divulgar o seu trabalho com fotografias, caso esse seja o seu motivo. Apesar de não contar com os mesmos recursos do Flickr, este serviço é bastante potente. Tudo o que você precisa fazer se resume a encontrar o arquivo e inserir uma legenda para clicar no botão de envio sem problemas!

Insira imagens!

Citações

Colecionar citações interessantes é uma boa maneira de se usar o Tumblr. Para incluí-las no seu blog, você só precisa clicar no terceiro ícone – aquele com as aspas alaranjadas. Uma vez no painel de inserção, escreva a frase e depois dê os créditos ao autor. Afinal, todo mundo gosta de ter seu trabalho reconhecido. Depois disso, publique!

Publique fases e citações!

Links

Links também são informações interessantes a passar para os seus leitores. Sempre que você encontrar um site ou outro blog que valha a pena indicar, copie o endereço e coloque no seu Tumblr! No formulário de inserção, não se esqueça de colocar o nome deste endereço que você está “linkando”. É importante para o reconhecimento dos seus visitantes.

Poste um link!

Chat

Se você for um grande fã de peças de teatro ou filmes, por exemplo, pode fazer uso desta ferramenta superinteressante. Aqui você reproduz diálogos em um padrão bastante curioso. Para que as linhas de cada personagem apareçam em cores diferentes, você só precisa teclar “Enter” e em seguida inserir o nome do personagem com os dois pontos (:) ao lado, para indicar a fala.

Insira diálogos!

Áudio

Postar áudio também é uma das melhores formas de fazer com que o seu público interaja com a informação inserida no seu Tumblr. Se você não quiser pagar um domínio ou algo parecido, pode publicar o seu podcast ou coisa do tipo através do seu blog “instantâneo”. Para enviá-lo, basta seguir os passos abaixo!

Publique clipes de som!

Vídeo

Assim como outras plataformas de construção de blogs, o Tumblr permite a incorporação de vídeos do YouTube e outros serviços como Vimeo, Dailymotion e outros – basta ter o código para inserir no campo indicado. Mas, se você deseja fazer um vídeo na hora, ative sua webcam, salve-o no seu computador e selecione a segunda aba.

Incorpore ou envie um video!

Depois, adicione um comentário a respeito, caso seja necessário. Quando terminar, clique no botão verde para enviar! Pronto! O seu blog já tem vídeos. O resultado é este:

http://tutorialdo.tumblr.com

Muito bem! Agora que você já sabe como se faz para ter um blog interessante pronto em poucos minutos, já pode criar o seu! Acesse o Tumblr e mãos à obra!



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!