Quem está passando pela auto-escola ou já possui sua carteira de motorista (ou que simplesmente tem algum bom senso) sabe muito bem que, quando se está dirigindo, toda a sua atenção deve ser focada nessa tarefa. Mas parece que um homem de 58 anos, sem muita noção do perigo, considerou-se multitarefa o suficiente para conseguir usar o celular enquanto dirigia, o que resultou em um acidente fatal para ele.

Se até aí essa não parecia uma boa ideia, vem então a parte mais bizarra de toda a história: ele não estava usando o celular para conversar ou mandar mensagens para outras pessoas, mas para ver pornografia e se masturbar.

Pois é. Alguns de nós acabam sofrendo acidentes porque se distraem ao mexer no rádio. Outros porque receberam uma ligação ou mensagem no celular e perderam a atenção por um único momento. Mas Clifford Ray Jones conseguiu a façanha de morrer enquanto tentava dirigir e se masturbar, vendo pornô no celular.

Acha que não tinha como ficar mais absurdo? Muito pelo contrário.

O fato é que, ao tentar realizar tarefas que pediam ao menos um par de mãos extras, Jones nem percebeu que havia perdido o controle de seu carro. Assim, ele acabou batendo seu Toyota 96 e sendo “ejetado” pelo teto solar do veículo (afinal, usar o cinto de segurança para descabelar o palhaço fazer algo assim não seria confortável).

Como não poderia deixar de ser, o corpo de Jones foi encontrado pela polícia de Detroit durante a madrugada. E ele não estava usando calças.

Segundo o Tenente Mike Shaw, da Polícia Estadual de Michigan, ao CBS Report, essa foi a coisa mais estranha que ele já encontrou na rua. E nós não discordamos.

Homem morre em acidente de carro. Enquanto dirigia. E via pornô no celular. Comente no Fórum do TecMundo