O HSBC deve começar a abandonar o uso de senhas para autenticar seus clientes em apps para smartphones e tablets em breve. O banco vai adotar o Touch ID em conjunto com reconhecimento de voz para autorizar logins e transações financeiras já nas próximas semanas, mas isso apenas na rede First Direct, subsidiária da empresa no Reino Unido.

Algum tempo depois, o banco deve liberar atualizações para os apps dos clientes que estão sob sua própria marca, HSBC, mas isso ainda dentro do Reino Unido. Não há informações sobre quando a novidade será distribuída mundialmente, mas é muito provável que ela nunca chegue ao Brasil, uma vez que a subsidiária nacional desse banco foi vendida para um concorrente por aqui. A empresa até já encerrou seu app para Windows Phone em nosso país.

Diversos bancos já utilizam o sistema de reconhecimento de impressões digitais da Apple para autorizar acesso de seus clientes em apps, mas, ao que parece, essa será a primeira vez que o recurso será combinado com reconhecimento de voz. Falando nisso, a companhia que fornecerá a tecnologia para o HSBC é a mesma que ajudou a Apple a criar a Siri, chamada Nuance Communications.

Para identificar usuários por voz, serão utilizados mais de 100 padrões de reconhecimento individuais, os quais formam uma combinação codificada única para a voz de cada pessoa. Segundo o banco, mesmo quem estiver sofrendo com uma gripe ou dor de garganta temporária poderá usar o recurso sem problema, uma vez que detalhes como o tamanho da boca, sotaque e ritmo do falar não mudam nessas circunstâncias.

Posso configurar o touch ID do iPhone 6... Comente no Fórum do TecMundo