Dicas do XP: como melhorar a velocidade de upload

Uma forma rápida e fácil para melhorar a velocidade dos uploads em até 100%.
  • Visualizações53.887 visualizações
Por Douglas Leandro Pereira em 3 de Junho de 2009

Muitas pessoas se preocupam com a taxa de download de uma conexão. Para isso, existem diversos artigos, dicas e programas que ajudam a melhorar a velocidade de download para baixar programas mais rapidamente. No entanto, poucos ajudam na hora de enviar arquivos: o famoso upload.

Afinal, o que seriam dos downloads sem os uploads? Alguém tem que colocar os arquivos na rede para podermos baixar o conteúdo. Mostraremos a seguir uma dica que promete aumentar a taxa de upload em até 100%.

Avisos

Essa dica, a princípio, só funciona para o Windows XP e em alguns provedores de acesso à Internet. Além disso, ele não possui 100% de garantia que vá melhorar sua taxa de upload, pois existem diversos fatores técnicos envolvidos. De qualquer modo, essa dica é tão fácil e rápida de fazer que não custa nada tentar.

Como as mudanças afetam o Editor de Registro do Windows, alertamos que qualquer mudança adicional pode causar instabilidade no sistema. Portanto, modifique apenas os arquivos citados nesse artigo.

Teste de velocidade

Antes de fazer as mudanças no sistema, faça um teste da velocidade atual de upload para verificar a eficiência dessa dica em seu sistema. Para isso, utilize o SPEEDTEST para medir a velocidade da sua conexão (clique no link para ver mais detalhes). Se você tem costume de fazer uploads com frequência, anote a também o tempo que um arquivo demorou para ser enviado.

Teste sua velocidade antes e depois das alterações.

Procure fazer os testes em um horário que existe pouco tráfego de dados, como de madrugada e finais de semana, pois possuem menos variações de velocidade. Faça o teste algumas vezes e anote os resultados. Com os resultados em mãos, vamos ao que interessa.

Configurando o sistema

1 - Clique no botão Iniciar do Windows e selecione a opção “Executar” (ou use as teclas Windows+R simultaneamente). Em seguida, digite regedit e clique em OK.

Abra o editor de registro pela função executar.

2 - Com a janela do Registro do Windows aberta, navegue até o caminho [HKEY_LOCAL_MACHINES/SYSTEM/CurrentControlSet/Services/AFD/Parameters]. Caso a pasta Parameters não exista nessa pasta, clique com o botão direito do mouse na pasta AFD e selecione a opção Novo > Chave. Depois, altere o nome da pasta para Parameters.

Insira uma nova chave DWORD no registro.

Agora, clique com o botão direito do mouse na pasta Parameters e selecione a opção Novo > Valor DWORD e altere o nome da chave para “DefaultSendWindow” (sem as aspas). Clique duas vezes sobre a chave criada e adicione o valor 18000 em “Dados do Valor”. Logo ao lado, marque a opção “Hexadecimal” e clique em OK.

Preste muita atenção nas configurações para dar tudo certo.

3 - Agora, navegue até o caminho [HKEY_LOCAL_MACHINE/SYSTEM/CurrentControlSet/Services/Tcpip/Parameters] e crie a chave DWORD “EnablePMTUDiscovery” (sem as aspas), da mesma forma que fizemos na chave anterior. Clique duas vezes sobre a chave criada e adicione o valor “1” em “Dados do Valor”. Ainda com a janela aberta, marque a opção “Decimal” e clique em OK para encerrar as configurações.

Não esqueça de alterar para a base Decimal.

Reinicie o computador para que as configurações façam efeito e faça um novo teste de upload com o SPEEDTEST para comparar os resultados. Caso você tenha feito o teste com um arquivo, realize o mesmo processo para ver se existe diferença no tempo gasto.

Taxa abaixo da contratada

Em alguns casos, a taxa de transferência não está na sua velocidade máxima por alguns problemas internos da rede do usuário e, mesmo com a dica mostrada acima, a taxa de upload não melhora. Se a sua internet anda muito lenta ultimamente, leia o artigo “Dicas para resolver problemas de conexão e turbinar sua internet” para fazer um diagnóstico da sua rede.

Funciona?

Envie arquivos mais rápidos.Vale ressaltar que essa dica não é 100% garantida. Se por um acaso isso não resultar em uma melhora na sua taxa de upload, basta apagar as duas chaves criadas anteriormente e tudo voltará ao normal.

As alterações não burlam o sistema do provedor de acesso à internet e nem aumentam a velocidade de conexão que você contratou. Ou seja, a modificação é interna e altera apenas os pacotes de dados de saída (upload).

Alguns usuários constataram melhorias significativas, no entanto, outros não observaram nada diferente. Portanto, faça o teste e comprove a eficácia dessa dica em seu computador. Depois, volte para nos dizer o que achou. Até a próxima.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!