O grupo hacker brasileiro “ASOR Hack Team” invadiu o banco de dados do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e publicou na web uma série de dados junto com logins e senhas de usuários dos sistemas da entidade governamental. O grupo afirma que a ação foi uma resposta ao veto da presidente Dilma Rousseff à auditoria da dívida pública.

Esse veto foi publicado no Diário Oficial da União no último dia 14/01 com a justificativa de que a auditoria poderia ferir o Pacto Federativo protegido pela Constituição. Confira parte do texto oficial sobre o veto:

O conceito de dívida pública abrange obrigações do conjunto do setor público não financeiro, incluindo União, Estados, Distrito Federal e Municípios e suas respectivas estatais. Assim, a forma abrangente prevista na iniciativa poderia resultar em confronto com o Pacto Federativo garantido pela Constituição.

O ASOR Hack Team, por sua vez, acredita que isso não passa de uma manobra para continuar perpetuando o negócio lucrativo que é a destinação de cerca de metade do orçamento anual da União para pagar apenas os juros da dívida.

Confira o manifesto da ação

Não há dúvida de que Dilma está fazendo um governo de direita. Apesar de manter alguns programas sociais, seu ajuste fiscal está prejudicando diretamente os trabalhadores com ampliação do desemprego e retirada de direitos trabalhistas, e agora vetou a auditoria da dívida pública.  Apesar disso, os lucros dos bancos continuam intocáveis e aumentando exponencialmente, como sempre ocorreu e seu governo chutou pra longe as propostas que foram apresentadas na campanha de 2014.

Para pagar apenas os juros da dívida os governos têm cortado repasses para setores de necessidades básicas da população como transporte, saúde e educação

Para pagar apenas os juros da dívida os governos têm cortado repasses para setores de necessidades básicas da população como transporte, saúde e educação. Além disso, é a sociedade é que está pagando. O salário do servidor público não está na internet? Por que os detentores da dívida não estão?

Entenda: a dívida pública federal começou na época da ditadura militar com o empréstimo de dinheiro dos Estados Unidos a juros flutuantes, que chegou a elevar os juros de 5% para 23%. Mesmo sendo considerada ação criminosa pela Convenção de Viena de 1969, o governo da ditadura aceitou a situação dos juros flutuantes imposta pelos EUA, o que interfere na pauta econômica do país até hoje.

A auditoria serve como “muleta” para desmascarar o esquema

A auditoria serve como “muleta” para desmascarar o esquema. E mostrar o que realmente é dívida e o que é essa farra do mercado financeiro, utilizando um instrumento de endividamento público para desviar recursos e submeter o País ao poder financeiro, impedindo o desenvolvimento socioeconômico equilibrado.

Junto com esses bancos estão as grandes corporações e eles não têm escrúpulos. Nós temos que dar um basta nessa situação. E esse basta virá da cidadania. Esse basta não virá da classe politica porque eles são financiados por esse setor. Da elite, muito menos porque eles estão usufruindo desse mecanismo. A solução só virá a partir de uma consciência generalizada e ação direta da sociedade, da maioria. É a maioria, os 99%, que está pagando essa conta.  Somos 99% contra 1%.

A solução só virá a partir de uma consciência generalizada e ação direta da sociedade

Em resposta ao veto da Dilma, estamos postando online o Banco de Dados do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). A Dívida Pública que consome quase metade do orçamento da união. Governantes, Banqueiros e Lobistas do sistema financeiro um aviso: Estamos aqui e vamos ficar!

Os dados

Uma publicação na página do grupo no Facebook traz o link para os dados do CADE, que traz logins com nomes de funcionários da repartição junto com outras informações técnicas. Até o momento, não há nenhum pronunciamento do governo sobre o vazamento desses dados, e também não podemos confirmar a autenticidade desse material.

Fique ligado no TecMundo para saber mais sobre os desdobramentos deste acontecido.

Você concorda com o ASOR Hack Team sobre o fato de a dívida pública ser uma verdadeira “farra do mercado financeiro”? Comente no Fórum do TecMundo