Diamante maior que a Terra é descoberto no espaço

Antiga estrela orbita um pulsar, tem alta densidade e apresenta carbono em sua composição.
  • Visualizações90.040 visualizações
Por Nilton Kleina em 17 de Novembro de 2011

Diamante maior que a Terra é descoberto no espaço (Fonte da imagem: Daily Galaxy)

Imagine a maior pedra preciosa que você conseguir. É do tamanho de uma bola de futebol? De uma casa? Então você está pensando pequeno. Cientistas da Universidade de Manchester, juntamente com pesquisadores de outras partes do mundo, encontraram uma estrela sem energia que se transformou em um planeta feito inteiro de diamante.

Segundo o DailyGalaxy, o planeta foi visualizado por um telescópio via rádio da Australian Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation (CSIRO) e, apesar de ser pequeno, possui uma massa um pouco maior que a de Júpiter (que tem 1,8 × 1027 kg, o peso de mais de 300 Terras).

Isso ocorre graças à alta densidade do planeta, que conservou elementos remanescentes da estrela, como carbono e oxigênio. O valor exagerado ainda é um forte indício de que ele seria um corpo cristalino – e algo muito próximo do que chamamos de diamante.

Eu quero pra mim!

Apesar de ser tentador visitar um planeta desses, não é uma tarefa fácil: ele está a 4 mil anos-luz de nós, próximo da constelação de Serpente, orbitando uma estrela do tipo pulsar chamada J1719-1438.

O pulsar é uma enorme estrela que, apesar de estar sem forças, mantém nêutrons em rotação, fazendo com que ela pulse, solte feixes de luz e desenvolva um poderoso campo magnético. Como o J1719-1438 foi descoberto quase por acaso, juntamente com uma série de corpos similares, os cientistas responsáveis pelo projeto afirmaram que mais novidades podem surgir em breve.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!