Matt Carriker, do canal DemolitionRanch, já realizou alguns testes que passaram aqui pelo TecMundo: ele tentou atirar em cadeados para ver se eles abrem como nos filmes, já deu tiros com um rifle .50 em pacotes de papel para ver quantas folhas aguentavam o tranco e, agora, resolveu botar à prova a resistência de um bloco de titânio.

O rapaz começa sua experiência pegando leve com o pedaço de metal, que tem aproximadamente 4 centímetros de espessura, dando tiros com uma pistola calibre 22. É impressionante ver que os tiros mal arranham o titânio. Depois, vem um rifle que dispara balas de 9 mm, que também não fazem muita coisa.

A primeira arma que começa a deixar algumas marcas é um revólver Magnum 44, que Matt afirma ter uma das maiores balas para armas pequenas – mesmo assim, ele não parece muito feliz com o resultado.

As "ferramentas" começam a ficar consideravelmente maiores quando Carriker passa a disparar com rifles. Uma espingarda calibre 12 deixa uma marca considerável, mas longe de ameaçar furar o bloco de titânio. Ele dá alguns outros disparos com diferentes munições, mas a arma que realmente chega perto do objetivo é uma Barret, equipada com projéteis de calibre .50 feitos para perfurar blindagens.

O impacto é tão grande que o poste de madeira colocado por Matt para sustentar o bloco de titânio chega a ser deslocado. O mais impressionante, no entanto, é que o pedaço de metal ainda assim não foi atravessado por completo, mostrando o quão resistente o titânio realmente é.

O que você achou da tentativa de furar um bloco de titânio com tiros? Comente no Fórum do TecMundo