Após a polêmica em torno do grampo não autorizado feito pelo juiz Sérgio Moro na semana passada, que flagrou uma conversa pessoal entre o ex-presidente Lula e a atual presidenta Dilma Rousseff, a segurança das comunicações privadas virou assunto, chegando até a chamar atenção de Edward Snowden, que se manifestou via Twitter indignado pelo fato de Dilma não utilizar uma linha criptografada para fazer ligações.

Lá fora também está em andamento uma polêmica imensa que colocou frente a frente o FBI – a polícia federal norte-americana – e a Apple, uma das maiores companhias de comunicação do mundo, por não terem atendido um pedido de abertura de sigilo de conversa em seus produtos, e a encrenca promete ainda atingir outras empresas de tecnologia.

Seja como for, uma série de aplicativos de comunicação que podem ser instalados em praticamente quaisquer smartphones não tão antiquados apresentam sistemas de segurança bastante confiáveis e prometem manter seus papos no maior sigilo possível. Além de ligações, você também vai ter mensagens de texto, imagem e vídeo protegidas por criptografias fortes que não vão deixá-lo na mão. Confira a lista com os mais populares:

Linphone (para Android, iOS, Windows Phone e Desktop)

O Linphone é um aplicativo de comunicação que se foca em ligações telefônicas em vez de mensagens de texto, mais ou menos como o Skype. A diferença é que esse programa utiliza outro protocolo para realizar chamadas: o Session Initiation Protocol, ou SIP, que funciona com código aberto, ao contrário do usado pelo Skype. Isso dá uma transparência maior sobre como os dados são transportados, e a segurança é mais garantida.

Para baixar o Linphone para Android, clique neste link. Para iOS, clique neste link. Para Windows Phone, clique neste link. A versão para desktop pode ser baixada através deste link.

Pidgin (para Desktop)

Apesar de funcionar apenas em computadores desktop, o Pidgin é um agregador de programas de conversa, fazendo com que não seja necessário você acessar cada um deles separadamente. Além de ser bastante seguro e de código aberto, ele é capaz de integrar comunicadores como o MSN Messenger, o ICQ, o IRC, o Google Talk e aplicativos móveis, como Telegram, Facebook Messenger e WhatsApp por meio de plugins. E tudo isso gratuitamente.

Baixe o Pidgin para Windows clicando neste link.

ProtonMail (para Android e iOS)

O ProtonMail é um sistema de email completamente seguro e anônimo, com servidores hospedados na Suíça, um dos países com a legislação mais forte no que diz respeito à privacidade. Ele foi desenvolvido por meio de uma campanha de crowdfunding no Indiegogo por cientistas do CERN, onde fica o famoso colisor de átomos. Segundo os desenvolvedores, o programa envia emails que apenas o remetente e o destinatário podem ler e sequer os administradores têm acesso ao conteúdo das mensagens.

Para baixar o ProtonMail para Android, clique neste link. Para iOS, clique neste link.

Signal (para Android e iOS)

Muito semelhante ao WhatsApp, o Signal é um dos aplicativos com criptografia mais segura do mundo. Com ele é possível trocar mensagens de texto, imagens e vídeos, além de informações via áudio. É o aplicativo utilizado pelo próprio Edward Snowden para se comunicar, o que significa muita coisa.

Para baixar o Signal para Android, clique neste link. Para iOS, clique neste link.

Telegram (para Android, iOS e Windows Phone)

O Telegram, aplicativo de comunicação de origem russa, ganhou as graças dos brasileiros nas horas em que o WhatsApp foi tirado do ar por ordem judicial no último mês de dezembro. Além de ser parecidíssimo com seu popular concorrente, sua criptografia é muito forte, e diversos recursos que valorizam a privacidade estão disponíveis, como os chats secretos que se autodestroem após certo tempo (e somem dos servidores do app também).

Para baixar o Telegram para Android, clique neste link. Para iOS, clique neste link. Para Windows Phone, clique neste link.

WhatsApp (para Android, iOS e Windows Phone)

Comprado pelo Facebook em 2014, o WhatsApp é o mais popular de todos os aplicativos da lista e possui uma criptografia bem forte, complicadíssima de ser quebrada. Isso é provado pelos conflitos que vêm surgindo entre a Justiça e os responsáveis pelo programa em busca de quebras de sigilo para investigações. Apesar de já apresentar uma segurança bastante confiável, o Facebook vem trabalhando para reforçá-la ainda mais muito em breve.

Para baixar o WhatsApp para Android, clique neste link. Para iOS, clique neste link. Para Windows Phone, clique neste link.

Qual é o seu aplicativo comunicador favorito? Comente no Fórum do TecMundo