Segundo uma postagem do New York Post, a Apple estaria de olho em uma possível compra da Time Warner (TW) para conseguir finalmente lançar seu serviço de TV por streaming na internet. A TW não apenas tem uma operadora de TV a cabo nos EUA como também é dona de uma série de empresas que produzem conteúdo, como Warner, HBO, CNN e alguns canais de esportes.

A TW ainda não está oficialmente no mercado, mas o corpo de acionistas tem pressionado a direção da companhia para uma venda, uma vez que as ações não tem conseguido um preço na bolsa condizente com valor real da companhia. Uma transação total ou parcial poderia ser a solução e renderia muito dinheiro para quem tem ações da TW atualmente.

Segundo a publicação, o responsável por contratos de entretenimento na Apple, Eddy Cue, já teria relações com o pessoal da HBO, subsidiária da Time Warner, o que resultou na primeira investida do canal no mundo do streaming sem exigir uma assinatura de TV a cabo paralelamente. Sendo assim, já haveria terreno preparado para uma negociação.

Plano básico

Para a Apple, o ideal seria oferecer um serviço básico para donos da Apple TV para assistir TV ao vivo em cerca de 30 canais por até US$ 40. Isso ainda incluiria programas gravados para ver a qualquer momento.

As ações da Time Warner valem atualmente US$ 100, 40% a mais do que valiam no início da semana, antes dos rumores de que a Apple estaria interessada na compra surgirem.

De qualquer forma, é necessário lembrar que essa informação é apenas um rumor por enquanto, e não há certezas sobre valores de venda e qualquer outra possibilidade de acordo. Fique ligado no TecMundo para saber mais sobre o assunto futuramente.

Será que a Apple vai mesmo comprar a Time Warner nos EUA?  Comente no Fórum do TecMundo