Aplicativos que avisam sobre blitz de trânsito são banidos da Apple

Programas eram usados para escapar de bloqueios policiais. Atitude partiu de protesto do Senado norte-americano.
  • Visualizações13.504 visualizações
Por Nilton Kleina em 9 de Junho de 2011

Aplicativos que avisam sobre blitz de trânsito são banidos da Apple (Fonte da imagem: Trapster)

Motoristas norte-americanos que dirigem sob o efeito do álcool perderam importantes aliados nas escapadas dos bloqueios da polícia. A partir de agora, aplicativos da loja virtual da Apple que indicam a localização de blitz policiais foram proibidos de serem disponibilizados para download.

Através do sistema de GPS dos aparelhos, os softwares indicavam as “zonas de perigo” que concentrariam os pontos de blitz, dando uma chance para o motorista trocar de rota antes de chegar ao local. Alguns exemplos, como o Trapster e o PhantomALERT, já contabilizavam milhões de downloads e avisavam também sobre outros serviços, como radares e sinaleiros.

A mudança foi incorporada no App Store Review Guideline, que lista as regras para os aplicativos comercializados na loja virtual. A única exceção ocorre caso eles sejam produzidos ou aprovados por órgãos oficiais. A RIM, responsável pelo desenvolvimento do Blackberry, já retirou esse tipo de programa de sua loja.

A medida partiu quatro meses depois de um protesto de senadores norte-americanos, que pediram à Apple para banir esses aplicativos. Eles afirmaram que os apps seriam uma ameaça para a segurança, pois expõem ao perigo famílias inocentes e crianças.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!