Ben Keighran é um designer que fundou uma startup de buscas chamada Chomp e acabou se unindo ao quadro de funcionários da Apple quando a empresa de Cupertino comprou sua companhia em meados de 2012. Depois de desempenhar um papel de grande importância no desenvolvimento da versão mais recente da caixa de TV da Maçã, agora o empreendedor resolveu sair da gigante dos eletrônicos para começar algo totalmente novo.

Keighran afirma que passou os últimos três anos supervisionando a experiência e visual do software da nova Apple TV, uma set-top-box que permite ver no seu televisor conteúdos oferecidos via internet. Segundo ele, o programa do aparelho incorpora parte da tecnologia desenvolvida pela Chomp. Ao sair da Maçã, o empreendedor pretende não somente trabalhar em um “produto matador”, mas também criar sua própria “companhia icônica”.

Olhando para os caminhos possíveis

Os planos da Apple para o mercado de serviços e hardware relacionados a TV vêm sendo alvos de especulação ao longo dos últimos anos e, de acordo com rumores, a própria empresa de Cupertino teria mudado seus objetivos no setor algumas vezes. No começo de 2015, por exemplo, a Maçã pretendia anunciar um sistema de vídeos por assinatura que ofereceria programação ao vivo de canais de TV aberta e a cabo dos EUA, mas o projeto foi interrompido.

Mesmo tendo deixado a Apple, Keighran não comentou a respeito de projetos da companhia que ainda não foram revelados oficialmente, mas reconheceu que a sua equipe “analisou muitas formas diferentes de entregar uma experiência incrível de TV”. Segundo ele, a decisão de deixar a Maçã foi bastante difícil, pois se apaixonou pelas pessoas, pela cultura e pelos produtos da gigante.

Você acha que a Apple vai conseguir ganhar espaço no mercado de serviços e produtos para TV? Comente no Fórum do TecMundo