Instituto especializado aponta os melhores antivírus de março de 2013

Novo relatório da AV-Comparatives analisou 21 dos principais nomes do mercado para elaborar mais um relatório.
  • Visualizações379.890 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 10 de Abril de 2013

Instituto especializado aponta os melhores antivírus de março de 2013AV-Comparatives divulga mais um relatório sobre os antivírus do mercado. (Fonte da imagem: Divulgação/AV-Comparatives)

Pelo menos duas vezes ao ano, a AV-Comparatives realiza estudos com os programas antivírus mais populares do mundo, visando colocar à prova a habilidade desses aplicativos em proteger o seu computador. A companhia austríaca se tornou referência no ramo e, nesta quarta-feira (10), divulgou um novo relatório completo de suas últimas análises.

Os resultados alcançados pelo instituto concluiram que 55% das URL maliciosas coletadas seriam capazes de afetar negativamente o funcionamento do Windows ou algumas de suas aplicações. O restante não causou qualquer mal enquanto plugins, aplicativos e o sistema operacional estavam atualizados, o que reforça a necessidade de manter tudo sempre em dia para reduzir as chances de problemas no computador.

De todos os produtos analisados, apenas quatro deles foram capazes de alcançar 100% de proteção contra amostras de malwares largamente difundidos usados no teste. A AV-Comparatives ressalva, contudo, que devido ao dinamismo da web, é possível que os desempenhos possam ser alterados de mês em mês.

Os 22 aplicativos submetidos ao teste, todos com o banco de dados de vacinas atualizados, foram:

  • Qihoo 360 Security 4.0;
  • Tencent QQ PC Manager 4.0;

Teste do mundo real

A AV-Comparatives realiza um teste chamado “Teste de Proteção do Mundo Real”, que pretende colocar os antivírus para enfrentar desafios do dia a dia de uso, verificando como ele vai se comportar no seu computador. Ele verifica a capacidade de identificar um problema assim que ele acontece.

Foram realizados 422 testes ao longo de todo o mês de março e o resultado foi totalmente positivo (100% de proteção automática, sem qualquer interferência humana) com apenas quatro softwares: Emsisoft Anti-Malware, F-Secure, G DATA e Kaspersky. Como aponta o gráfico abaixo, todos os aplicativos tiveram pelo menos 90% de proteção automática garantida.

Instituto especializado aponta os melhores antivírus de março de 2013 (Fonte da imagem: Divulgação/AV-Comparatives)

Dos 22 analisados, o pior desempenho foi do AhnLab V3 Internet Security (pouco mais de 90%), Tencent QQ PC Manager (quase 94% de desempenho positivo) e o AVG (com pouco mais de 94%).

Outra ressalva feita pela AV-Comparatives dá conta de que o desempenho registrado aqui pode mudar de acordo com o malware enfrentado, afinal, por mais que os testes usem diversos tipos diferentes de vírus e outros arquivos mal-intencionados, novas ameaças podem surgir e também há aquelas que ficaram de fora desta análise.

Detecção de arquivos

Instituto especializado aponta os melhores antivírus de março de 2013 (Fonte da imagem: Divulgação/AV-Comparatives)

Outro teste bem importante é o que mede a capacidade de um programa antivírus em identificar um malware a partir do escaneamento do sistema. O gráfico acima mostra a porcentagem de arquivos infectados que foram ignorados pela varredura do antivírus, ou seja, quanto menor a taxa de amostras não identificadas, melhor é a busca por problemas do aplicativo.

Nesse sentido, os melhores desempenhos foram alcançados por G DATA (0,1% de amostras ignoradas), Avira (0,4%) e F-Secure (0,5%); os três piores foram Symantec (8,8% das amostras ignoradas), AhnLab (7,7%) e ESET (2,5%).

Falsos positivos

Instituto especializado aponta os melhores antivírus de março de 2013 (Fonte da imagem: Divulgação/AV-Comparatives)

Outra medida de desempenho de programas antivírus avalia a questão dos falsos positivos, os arquivos saudáveis “confundidos” com malwares pelo aplicativo. Os softwares da Microsoft (nenhum falso positivo), Fortinet (apenas cinco) e Kaspersky e Sophos (ambos com seis falsos positivos) obtiveram os melhores resultados.

A parte debaixo da tabela ficou com os softwares da Emsisoft (38 falsos positivos), Vipre (30) e Panda (28). Vale lembrar que, em março, os testes realizados pelo instituto levaram em conta a utilização de 422 amostras infectadas.

Os melhores

Levando em conta os resultados publicados, podemos destacar como os cinco melhores desempenhos nos testes da AV-Comparatives os seguintes programas:

Fonte: AV-Comparatives, AV-Comparatives (PDF 1), AV-Comparatives (PDF 2)



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!