Não tem jeito. Lá pelos 15%, chega um momento em que o aviso de que a bateria do seu tablet ou smartphone Android surge na tela e, a partir daí, começa aquela contagem regressiva que deixa muita gente suando frio — ainda mais se você precisa utilizar o aparelho por mais algum tempo.

Felizmente, existem alguns métodos que garantem que você tenha ao menos alguns minutos a mais de carga, seja para terminar seus afazeres ou até encontrar a tomada mais próxima. Alguns desses métodos sacrificam funções importantes do dispositivo, como a conexão com a internet ou até a visibilidade, no caso do brilho de tela e do modo de espera. Porém, vale tudo para manter o celular ligado.

Confira no vídeo acima e na lista abaixo algumas dicas básicas e outras que você pode nem conhecer.

1. Ajuste o brilho da tela

Essa é óbvia, mas tem gente que insiste em usar o modo automático de detecção de luminosidade e brilho da tela. Desligue essa função (Configurar > Tela) e controle manualmente a intensidade do brilho da tela do celular. A alavanca fica na barra de notificações no topo do display. Você pode até deixar o nível no mínimo, caso esteja em um ambiente favorável.

2. Acelere o modo de espera

O Modo de Espera do aparelho é o tempo que ele leva para desligar a tela e parar de mostrar o conteúdo. Ele não precisa demorar muito para começar se você só vai dar uma checada de vez em quando. Vá até Configurar > Tela e selecione “Modo de Espera”. O padrão é 1 minuto, mas você diminuir ainda mais.

3. Tire as conexões

Desligue as opções indicadas em vermelho.

Bluetooth, WiFi e o plano de dados 3G ou 4G podem ser desligados caso não estejam em uso, economizando energia. No caso do WiFi, você ainda pode desativar a procura automática por redes na opção "Avançado" das configurações de internet.

4. Use o Modo Avião

O bom e velho Modo Avião faz vários dos passos anteriores de forma automática, cortando serviços de rede e antena. Ele fica na barra de notificações do smartphone.

5. Corte sincronizações

A sua conta da Google tem uma série de serviços que são automaticamente sincronizados com a rede, mesmo você não querendo. Desligar isso é fácil. Nas configurações, vá em "Contas", selecione "Google" e o seu email cadastrado. Aí é só desativar o que você nunca nem abriu no smartphone.

6. Remova widgets

Entendemos que widgets de previsão do tempo, calendário, notícias e emails são úteis, mas a atualização constante deles gasta bateria. Desative todos pelo menos enquanto você deseja economizar. Papéis de parede animados também são vilões nessas horas.

7. Aproveite modos específicos

As dicas acima são úteis, mas você pode usar uma única função para economizar ainda mais. Isso porque vários modelos de celular têm iniciativas próprias pra salvar a sua bateria. A Samsung usa o modo Ultra Economizador de Energia, e a Sony possui o Modo STAMINA, só para citar alguns exemplos.

8. Compre um carregador portátil

Por fim, se economizar bateria não adianta, que tal um pouco de energia extra? Um carregador portátil pode ser levado na bolsa ou mochila sem problemas. A Mi Power Bank, da Xiaomi, por exemplo, sai por 99 reais e tem 10400 miliampere-hora, o bastante para até três cargas.