A última atualização do Google Now Launcher trouxe uma série de melhorias e pequenos adendos à tela principal do Android. O tamanho dos ícones foi normalizado e está mais consistente, a rotação agora é automática (e há modo paisagem), o que torna a experiência do usuário muito mais agradável no lançador.

As diretrizes que determinam o formato dos ícones dão aos desenvolvedores as ferramentas para criar um tamanho adequado dentro daquilo que é oferecido, mas muitos desses profissionais ignoram completamente essas regras em troca de simplesmente criar o maior ícone possível, o que provoca uma verdadeira bagunça ao app do Android.

A atualização não só ajusta esse problema – abolindo os desejos dos desenvolvedores em agigantar o tamanho dos ícones – como também dá orientação para o modo paisagem na tela principal. Como o tamanho deles foi normalizado, a grade ganhou um alinhamento melhor e mais adequado. Os ícones grandalhões são encolhidos.

Para que você tenha uma dimensão das mudanças, observe a imagem adiante. A parte de cima mostra o visual antigo, enquanto a de baixo mostra a readequação dos ícones após a atualização. Créditos ao 9to5Google pela montagem:

Google deve endurecer políticas a desenvolvedores

A Google não determina as políticas de seus aplicativos como a Apple faz com a App Store, por exemplo. E já que pedir gentilmente pelas diretrizes não tem funcionado, o jeito é simplesmente coibir e automaticamente reduzir o tamanho dos ícones via software.

A outra adição é a bem-vinda e já mencionada rotação automática, ou autorrotação. O suporte a isso permite que o lançador rotacione ao modo horizontal (paisagem), assim como qualquer outra interface no Android. O recurso estava presente no preview de desenvolvedores do Android M, mas nunca ganhou uma versão final.

Os complementos e melhorias estão todos empacotados na atualização 5.8.45.19 para o app Google (o aplicativo de busca, a tela principal). O Google Now Launcher é a tela principal padrão dos dispositivos Nexus, enquanto usuários de outros aparelhos Android precisarão do app Google e do habilitador Google Now Launcher.

O que você achou das mudanças do Google Now Launcher com a última atualização? Comente no Fórum do TecMundo.