Como aumentar o desempenho do Android [avançado]

Ferramentas que exploram o root trazem uma enorme gama de novas opções para você melhorar a performance do seu aparelho.
  • Visualizações255.317 visualizações
Por Lucas Karasinski em 30 de Março de 2013

Android responde por 79% das ameaças em dispositivos móveis(Fonte da imagem: Reprodução/Phones Review)

O Android é o sistema operacional móvel mais utilizado do planeta. Além de habitar aparelhos das mais diversas marcas, o SO da Google também é muito popular por permitir uma grande abertura às personalizações, sejam elas oficiais e criadas por fabricantes e operadoras ou então independentes, geralmente criadas por terceiros e desenvolvedores que curtem explorar todas as alternativas do sistema.

E dentro do grande universo de programas que dizem realizar alterações no SO, se alguns acabam não mostrando resultados reais, outros são realmente capazes de realizar alterações úteis dentro do Android. Isso, no entanto, muitas vezes é uma tarefa arriscada – e que pode exigir alguns procedimentos mais avançados dentro do seu aparelho.

Neste artigo, nós vamos trazer algumas dicas do gênero, tudo com a relação “custo x benefício” mais equilibrada possível. Ou seja, listamos processos e programas não tão complicados de serem utilizados, mas que necessitam da sua máxima atenção, pois podem trazer problemas grandes para o seu gadget.

Root e muito cuidado

Como não poderia deixar de ser, o root é necessário para que você consiga utilizar algumas das ferramentas disponibilizadas neste artigo. Essa liberação é necessária para que os programas possam acessar algumas opções do sistema que, por padrão, ficam bloqueadas no Android. Assim, ferramentas que realizam alterações na gravação dos programas, alguns tipos de gerenciamento de bateria e frequência de CPU precisam de acessos privilegiados ao sistema.

Como aumentar o desempenho do Android [avançado]Permissões especiais são necessárias (Fonte da imagem: Reprodução/Google Play)

Aqui no Tecmundo há um artigo explicando como você pode rootear o seu aparelho Android utilizando um método que vale para uma grande quantidade de gadgets diferentes. Outros, como o Nexus 7 ou o Galaxy S3, por exemplo, contam com processos personalizados. Por fim, você também deve ficar atento a outros dois importantíssimos detalhes: muitas ferramentas dos programas exigem que você tenha pelo menos a versão ICS do Android instalada em seu aparelho.

Além disso, como se tratam de desenvolvedores, fabricantes de aparelhos e hardwares diferentes, algumas opções podem mostrar comportamentos distintos dependendo do dispositivo que você está utilizando. Dessa forma, vale uma pesquisa rápida em fóruns especializados sobre o seu gadget caso você tenha alguma dúvida mais específica.

Bateria prolongada

Infelizmente não existe nenhuma maneira de você fazer com que a vida da bateria do seu gadget móvel dure mais do que um ou dois dias no máximo. Mesmo que você mal utilize as funcionalidades do seu aparelho, somente o fato de ele “procurar redes” constantemente já faz com que a energia seja gasta.

Assim, pelo menos até que a tecnologia evolua, nós estamos condicionados a recarregar os gadgets uma ou duas vezes por dia, isso dependendo do aparelho e das opções que você mantém ligadas, como GPS, Bluetooth e planos de dados, que drenam rapidamente a energia. Há, contudo, algumas dicas que podem prolongar a utilização do seu Android. 

Há muita discussão sobre o comportamento a médio e longo prazo das baterias desenvolvidas com íon de lítio. Estudos recentes, contudo, apontam que as utilizadas normalmente em tablets e smartphones têm uma perspectiva de atingir cinco anos de vida útil, ou seja, funcionando bem nos aparelhos em que estão inseridas. 

 Para tanto, é preciso seguir algumas dicas muito importantes – pois até mesmo o modo como você carrega o aparelho interfere no seu rendimento. Primeiro, fique atento à “temperatura externa” do gadget. Mantenha-o sempre em temperatura ambiente e evite guardá-lo ligado e por longos períodos em lugares fechados, como armários e gavetas abafadas.

7 dicas para iniciantes que compraram um Android(Fonte da imagem: Reprodução/Blog Sony)

Depois, como a bateria pode se desgastar com o tempo, o recomendado é que você utilize cargas lentas para carregá-lo, ou seja, é preferível você utilizar a conexão USB com o computador do que mantê-lo ligado à tomada a noite inteira.

Além disso, segundo esse estudo, o ideal é que você mantenha os níveis de energia sempre entre 40% e 60% – evitando ao máximo que ele tenha a sua carga totalmente reduzida. Há ainda diversas outras dicas de sistema nesse sentido.

"Overclock negativo" para poupar energia

Quando se fala em overclock, a maioria da galera já pensa em turbinar o processador do aparelho, fazendo-o ganhar mais desempenho praticamente “na marra”. Contudo, há também uma forma de você utilizar essa ferramenta para economizar energia do seu gadget. É o chamado “downclock” ou “overclock negativo”. Trocando em miúdos, se você reduzir o clock do processador, estará fazendo com que ele “trabalhe menos” sempre que puder.

Como aumentar o desempenho do Android [avançado]Não exagere no valor mínimo selecionado (Fonte da imagem: Reprodução/Google Play)

Assim, como no Android você é capaz de marcar os valores mínimos e máximos com os quais a CPU deve trabalhar, o ideal é que você marque um número baixo como sendo a marca mínima de trabalho da CPU e mantenha como valor máximo o padrão do aparelho.

É importante que você não “se empolgue” com a ferramenta. Assim como os processadores para computador, aqui o barramento também foi projetado para trabalhar em frequências específicas. Assim, o ideal é que você não marque o “mínimo possível”, ficando sempre dentro de um limite tolerável e não muito longe do padrão. Uma boa ferramenta (gratuita) para você trabalhar com o clock do seu gadget é o AnTuTu CPU Master.

Comportamento inteligente e personalizado da CPU

Outra ferramenta útil para você que quer trabalhar com a sua CPU é configurá-la para trabalhar de acordo com o seu perfil. No próprio programa há as opções disponíveis, como mandar que ele funcione sob demanda, ajustando a sua força de acordo com o que você faz ou, então, determinar para que ele sempre foque em performance, utilizando a sua capacidade máxima sempre que estiver ligado.

Crie memória virtual

Os sistemas operacionais utilizam a memória swap há muito tempo. Trata-se de um recurso do SO que transforma uma parte do HD em uma espécie de memória RAM virtual. Isso é capaz de aliviar o peso jogado em cima daquela “original”, tornando o uso de algumas aplicações mais leve e funcional.

Como aumentar o desempenho do Android [avançado]Criando mais memória para o seu gadget (Fonte da imagem: Reprodução/Google Play)

No Android também é possível fazer isso. O Swapper for Root permite que você crie arquivos swap de maneira rápida e fácil, determinando se isso será feito no cartão externo ou na memória interna e também escolhendo qual será o tamanho de tal ferramenta.

Titanium Backup

Um dos programas mais populares entre a galera que curte se aventurar pelas roms independentes para o Android é o Titanium Backup. O aplicativo, mesmo em sua versão gratuita, conta com diversas funcionalidades.

Ele traz ferramentas de agendamento e trabalha fazendo cópias de segurança e restaurações bem mais completas do que as vistas em aplicativos que não utilizam o root. Aqui, no entanto, ainda vale aquela regra: todo cuidado é pouco.

Limpando o cache e fixando permissões

O Rom Manager é provavelmente o programa mais utilizado em todo o planeta na hora de instalar roms personalizadas no Android. Além de permitir que você utilize sistemas diferentes de maneira fácil, o aplicativo também conta com o “Recovery”, uma função muito útil para que você realize algumas ações no Android.

Como instalar algumas das mais famosas roms em seu Android [vídeo]

Limpar o “Cache”, o “Dalvik cache” e “Fixar permissões” é algo que pode solucionar alguns travamentos e melhorar o desempenho do seu gadget. Para fazer isso, instale o Rom Manager e, na sua interface principal, aperte em “Aplicar recuperação ClockworkMod”. Siga os passos corretos, selecionando o seu aparelho na lista apresentada e confirmando o download.

Quando o processo terminar, selecione a opção “Reiniciar para a recuperação”. Um novo menu surgirá. Ali, utilize as teclas do volume do seu gadget para navegar e o botão “Power” para selecionar as funções desejadas.

Dessa forma, selecione primeiro a ferramenta “Wipe cache partition” e confirme a execução do processo. Quando ele terminar vá até “Advanced” e, ali, pressione em “Wipe dalvik cache”. Quando essa limpeza também for finalizada, volte no menu “Advanced” e selecione outra função: “Fix permissions”. Com tudo terminado, reinicie o sistema e, mesmo quando o aparelho já estiver ligado, espere alguns minutos antes de começar a utilizá-lo.

Como instalar algumas das mais famosas roms em seu Android [vídeo]

Novamente cabe o aviso: essa ferramenta pode causar danos permanentes ao seu sistema, por isso procure mais informações sobre o uso do programa em seu respectivo gadget em fóruns especializados.

Melhorando o desempenho e o GPS

Muitas das roms personalizadas fazem sucesso porque trazem ferramentas únicas para a tela do Android. Pensando em popularizar um pouco mais o uso de algumas opções, desenvolvedores começaram a criar alternativas que levam esse tipo de ferramenta para diversas outras versões do Android.

Uma dessas opções é o Pimp my Rom. O programa traz uma quantidade enorme de opções para você otimizar o desempenho do seu aparelho em diversos aspectos diferentes. Aqui nós vamos citar algumas ferramentas muito úteis, mas que exigem muito cuidado, pois, se você marcar algo que não conheça, pode acabar estragando o seu Android.

Como aumentar o desempenho do Android [avançado]Instale "tweaks" e ganhe mais desempenho (Fonte da imagem: Reprodução/Google Play)

Antes de qualquer coisa, é preciso fazer com que o programa instale um plugin de personalização no sistema. Assim, vá até a aba “Init.D Support” e aperte em “Activate”. Agora, vale explorar algumas das ferramentas presentes no Pimp my Rom.

Em “Tweaks”, acesse “Network & Internet”. Ali, em “WiFi Scan Interval”, defina um valor alto caso queira economizar bateria. Isso vai fazer com que o intervalo de procura por redes WiFi seja maior, algo que faz com que o consumo de energia seja reduzido. Ainda nessa seção, marque a ferramenta “WiFi Connect Speed Tweak” para ganhar mais desempenho em suas conexões. No final da página, aperte em “Apply Selected Tweaks!” para confirmar as suas seleções.

Na mesma área chamada “Tweaks”, escolha a alternativa “Android Features”. Ali há diversas ferramentas úteis para você selecionar, como a “Hardware acceleration” e a “Force GPU Rendering”, que deixam o seu aparelho mais rápido na hora de trabalhar em situações mais complexas. Por fim, aperte em “Apply Selected Tweaks!” para confirmar as suas seleções

Agora, vá até a seção “Tools” e aperte em “GPS Configuration”. Ali, selecione o seu continente e o seu país. Depois, novamente vá até ao final da página e ratifique as alternativas apertando em “Apply Selected Tweaks!”.

.....

Com certeza, muitas alternativas de programas e diversas ferramentas de personalização e melhorias para o Android ficaram de fora. Você tem alguma dica? Não deixe de compartilhá-la na seção de comentários e até a próxima!

Fonte: Lifehacker, XDA-Developers, Trick Olla, PC Magazine

Leitor colaborador: Dan, Angelo



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!