Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim

Um aparelho celular simplificado para quem quer gastar pouco e fugir dos grandes smartphones.
  • Visualizações42.635 visualizações
Por Daniele Starck em 21 de Fevereiro de 2013

Dia após dia, somos bombardeados com novos lançamentos de gigantes como a Samsung, Apple, LG, entre outras. As fabricantes trazem smartphones e tablets cada vez mais modernos, recheados de funcionalidades interessantes.

No entanto, não se pode esquecer que há uma (grande) parcela do mercado que não deseja e nem pode gastar pequenas montanhas de dinheiro com os modelos mais avançados. Pensando nisso, surgiu o Asha 205, da Nokia.

Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim (Fonte da imagem: Divulgação/Nokia)

Ele é um aparelho de baixíssimo custo, com suporte para dois cartões SIM e conexão 2G, com aplicativos para você acessar o Facebook e o Twitter. Ou seja: uma forma supereconômica de ficar conectado às redes sociais.

O Tecmundo analisou este aparelho da fabricante finlandesa, vamos conferir os resultados!

APROVADO

Preço acessível para todos

Quem imaginaria ter um aparelho celular com câmera digital, conexão com a internet e aplicativos do Facebook e Twitter por um preço que varia entre R$ 200 e R$ 230? Deixando de lado todos os aspectos negativos dessas características, que vamos citar mais tarde, é inegável que este é um gadget de grande apelo popular.

Design: visual bonito, tela generosa e teclado QWERTY

O Asha 205 também merece elogios por conta de seu design. Suas linhas modernas, que lembram os aparelhos mais completos do estilo Blackberry, disfarçam o uso de material plástico mais barato e menos resistente.

Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim (Fonte da imagem: Divulgação/Nokia)

Você também conta com uma variação de cores interessante, que pode chamar a atenção especialmente dos mais jovens. O celular está disponível em preto e azul, branco e laranja e dois tons de rosa.

Outro detalhe é o tamanho de sua tela, generosa para um aparelho tão barato. O Asha 205 tem tela de 2,4”, cores fortes e boa definição. Outro aspecto positivo é o teclado QWERTY completo. Isso faz com que o gadget  ofereça um tamanho razoável para acessar conteúdos na internet, abrir games e utilitários além de redigir mensagens e emails confortavelmente.

Aplicativos para redes sociais

O Twitter e o Facebook são, sem dúvidas, as redes sociais do momento. Pensando nisso, o Asha 205 vem com aplicativos exclusivos para o acesso aos serviços. Você tem até mesmo um botão do Facebook no teclado, permitindo que você abra o app com rapidez e praticidade.

Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim (Fonte da imagem: Tecmundo)

Dois cartões SIM

Algumas pessoas podem achar que essa característica é descartável, mas, novamente, precisamos lembrar que este é um aparelho com mercado totalmente diferente de Android e iPhone.

O fato de que o Asha 205 oferece a possibilidade de utilizar dois cartões SIM é realmente interessante, permitindo que você altere entre eles de forma prática, utilizando mais de um número ou variando entre operadoras para, assim, diminuir seu gasto com telefonia.

Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim (Fonte da imagem: Tecmundo)

Pensando nisso, a Nokia não só oferece espaço para dois chips como deixa um deles totalmente acessível, com uma abertura lateral no aparelho para inserir ou remover o SIM. Certamente, uma característica que tem tudo para agradar a muitos consumidores.

REPROVADO

Cadê o WiFi e o 3G?

Temos aqui um aparelho de baixo custo, ok. Mas não podemos deixar de lado o fato de que ele foi desenvolvido para colocar você em contato com o mundo, com acesso às principais redes sociais do momento.

Por esse motivo, não há como justificar a escolha da fabricante em deixar de fora a conexão WiFi e o 3G. Com o Nokia Asha 205, você só pode se conectar à internet via Edge (2G), um método extremamente lento e consideravelmente caro.

Essa é a grande decepção do aparelho. Mesmo que a conexão WiFi fosse responsável por um aumento no preço do gadget, valeria a pena pagar um pouco mais para ter essa praticidade — e ainda assim o Asha 205 seria um celular muito barato.

Fizemos o teste de conexão aqui na redação do Tecmundo e o resultado foi abaixo do esperado: conexão extremamente lenta, que não foi suficiente para carregar o aplicativo do Facebook, nativo do aparelho.

Design: plástico

Como já citamos, existem sim aspectos positivos relacionados ao design do Asha 205. No entanto, é impossível deixar de relacionar alguns problemas. O primeiro deles é o plástico. Ok, isso torna o aparelho barato e leve. Mas a impressão que temos ao segurar o gadget é a de que ele pode se quebrar já na primeira queda.

Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim (Fonte da imagem: Tecmundo)

O material é realmente simplificado, especialmente a sua capa traseira que, para piorar, não é nada prática na hora de remover. Meninas, protejam seus esmaltes e meninos evitem unhas curtinhas demais, pois o Asha 205 vai precisar de um jeitinho especial na hora de acessar sua bateria, cartão de memória e SIM nº 1. Outro detalhe negativo é que você não tem botões de volume nas laterais, o que torna baixar e aumentar o som de seu aparelho algo burocrático.

Memória interna decepcionante

A memória interna quase inexistente do Nokia Asha 205 é um dos aspectos mais decepcionantes do aparelho. Você tem apenas 64 MB para guardar músicas, fotos e armazenar aplicativos, um valor realmente baixo.

No lado positivo, a memória do gadget pode ser expandida em até 32 GB com a ajuda de um cartão de memória microSD, mas não espere encontrar nenhum dentro da caixinha do aparelho. É preciso investir um pouco mais e comprar um cartão separadamente.

Câmera VGA

A presença de uma câmera digital é, atualmente, uma característica indispensável de smartphones e tablets. O Asha 205 também oferece essa opção, mas com baixíssima qualidade.

Mais uma vez, atentamos para o fato de que uma câmera melhor pode encarecer o produto, mas, mesmo assim, faltou um pouco de capricho neste aspecto. A câmera não só tem resolução VGA (640x480) como conta com um sensor que deixa as fotografias pouco nítidas, com baixa qualidade até mesmo para a internet. Já a produção de vídeos é ainda pior, com conteúdo em resolução de 176 x 144 pixels — ideal apenas para a reprodução no próprio aparelho.

Análise: Nokia Asha 205 Dual Sim (Fonte da imagem: Divulgação/Nokia)

O único ponto que se pode elogiar aqui é que o aparelho produz conteúdo condizente com seus padrões: imagens com pouca qualidade, que geram arquivos pequenos, ideais para serem compartilhados via 2G.

Sem cabo USB

Então quer dizer que podemos expandir a memória do aparelho em até 32 GB, certo? Correto. Mas não pense que isso vai facilitar sua vida. Afinal de contas, como transferir dados, imagens, vídeos e músicas sem um cabo USB? O Asha 205 não tem entrada para esse cabo de transferência de dados, o que significa que você depende unicamente do Bluetooth.

VALE A PENA?

O Nokia Asha 205 é, definitivamente, um aparelho para um público específico, pois ele traz algumas características interessantes por um preço muito em conta. Mas, para responder a pergunta “Vale a pena?”, precisamos levar em consideração um aspecto muito importante: o modo como ele foi divulgado.

Em sua propaganda o Asha 205 mostra ser um celular que vai deixar você conectado a todo momento, acessando redes sociais, postando e recebendo imagens, além de ter uma câmera digital e um botão exclusivo para acessar o Facebook.

No entanto, quando levamos em conta o “lado smartphone” do gadget, percebemos que ele deixa a desejar. Ele esbarra em limitações como a conexão 2G e a câmera digital VGA, que não condizem com a sua propaganda. Por esse motivo, o consumidor pode acabar comprando algo que não é exatamente tão acessível como mostra ser.

Por outro lado, é preciso levar em conta os aspectos positivos do aparelho: muito barato, leve, bonito, com bateria de longa duração, tela de tamanho razoável e teclado QWERTY completo. Sendo assim, para aqueles que não buscam um smartphone completo, mas sim um celular de qualidade, o Asha 205 vale muito a pena. E aí levamos os aspectos de conexão com redes sociais e câmera digital como um bônus em um gadget simples mas eficiente. 



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!