Análise Nokia Lumia 900

Tela maior, câmera frontal e som de alta qualidade para quem busca um Windows Phone top de linha.
  • Visualizações68.096 visualizações
Por Fabio Jordão em 24 de Outubro de 2012

O Lumia 900 é o modelo mais avançado da atual linha de aparelhos com Windows Phone da Nokia. Com tela de 4,3 polegadas, este smartphone vem para agradar aos consumidores que buscam aproveitar a web e conteúdos multimídia em um display amplo. Ele ainda traz câmera frontal e algumas pequenas mudanças que o diferenciam do tão cobiçado Lumia 800.

Considerando as tantas semelhanças, ficamos curiosos para ver se ele realmente apresenta melhorias significativas que justifiquem um investimento ou uma atualização. Bom, se você está pensando em comprar um Windows Phone, fique ligado nesta análise para saber o que o top de linha da Nokia tem a oferecer.

Especificações

  • CPU: Qualcomm APQ8055 Snapdragon single-core de 1,4 GHz
  • GPU: Adreno 205
  • Memória RAM: 512 MB
  • Sistema operacional: Microsoft Windows Phone 7.5 Mango
  • Memória interna: 16 GB
  • Espaço para cartão: não
  • Tamanho da tela: 4,3 polegadas (480x800 pixels)
  • Câmeras: 8 MP (principal) e 1 MP (frontal)
  • Som: alto-falantes e conector de fones de 3,5 mm
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11b/g/n, Bluetooth
  • 3G: sim
  • Bateria: Li-Ion 1.830 mAh
  • Autonomia da bateria: até 7 horas para conversação (3G)
  • Peso: 160 gramas
  • Dimensões (A x L x E): 12,78 x 6,85 x 1,15 cm

Aprovado

Design Nokia

A Nokia decidiu adicionar uma tela grande ao Lumia 900, algo que resultou no aumento das dimensões do aparelho. Para você ter ideia, este smartphone tem quase o mesmo tamanho do Samsung Galaxy Nexus. Apesar dessa mudança drástica, o visual deste Windows Phone não deixou a desejar.

Análise Nokia Lumia 900 (Fonte da imagem: Reprodução/Nokia)

Para falar a verdade, as diferenças de design entre o Lumia 900 e o Lumia 800 são muito poucas. O conector na parte superior agora é exposto, os botões na lateral são um pouco maiores e as bordas da tela não são tão suaves. No geral, o design do Lumia 900 permanece muito bonito e reconhecemos claramente o padrão Nokia.

Tela ampla com cores fortes

O Lumia 900 vem com um display gigante de 4,3 polegadas. Em nossa análise, ficamos satisfeitos com essa tela de tamanho avantajado. Há espaço suficiente para jogar, aproveitar vídeos, utilizar os mais diversos aplicativos e digitar mensagens. A tecnologia de exibição e de proteção são as mesmas do Lumia 800, portanto não temos do que reclamar nesse sentido.

Análise Nokia Lumia 900 (Fonte da imagem: Reprodução/Nokia)

As cores vibrantes e o brilho exagerado são detalhes que fazem a experiência com o Lumia 900 ser muito mais proveitosa. É muito confortável assistir a vídeos e experimentar o Windows Phone. Não há quaisquer dificuldades em usar o smartphone em plena luz do dia.

Câmeras de boa qualidade

Como já citamos, a Nokia decidiu adicionar mais uma câmera ao Lumia 900. De fato, ela é muito bem-vinda, pois facilita as videoconferências. Apesar de a resolução ser limitada a 1 MP, a lente frontal  captura imagens com boa qualidade.

Análise Nokia Lumia 900 (Fonte da imagem: Reprodução/Nokia)

A câmera principal é de 8 MP e garante fotografias excelentes durante o dia ou em cenários com boa iluminação. O flash não é muito potente, mas deve ajudar na captura de retratos durante a noite. No geral, as lentes Carl Zeiss fazem bonito para você montar seu álbum no celular.

Som na caixa, DJ!

Um dos principais diferenciais do Lumia 900 está na qualidade sonora. Se você gosta de reproduzir músicas no alto-falante, vai ficar satisfeito com os níveis de volume deste celular. Ele mantém alta fidelidade, capricha nos graves e garante que todos os seus amigos do ônibus ouçam suas músicas.

Os fones que vêm com o aparelho não são os melhores que passaram pelo Tecmundo, mas com certeza trazem potência ensurdecedora para você curtir seus sons em alta qualidade. Aliás, devemos enfatizar que o volume nos fones é tão elevado que não é recomendado usar este acessório com o volume na intensidade máxima.

Bateria com muita carga

Devido ao aumento de tela, a Nokia caprichou na bateria do Lumia 900. A propaganda no site oficial é grande, mas a duração da carga não é enganação. É possível usar o aparelho por horas seguidas com a rede Wi-Fi ligada sem que a bateria se esgote.

Análise Nokia Lumia 900 (Fonte da imagem: Reprodução/Nokia)

Em nossos testes, com a configuração de brilho em nível máximo, o Lumia 900 conseguiu aproveitar a carga durante 7 horas usando jogos, apps e rede sem fio. Claro, com o uso do 3G ou execução contínua de games, esse tempo pode cair um pouco.

Reprovado

Baixa resolução

A estratégia de oferecer um Windows Phone com tela gigante não é ruim, mas ampliar o display e se esquecer da resolução na mesma proporção gera problemas graves.

A resolução de apenas 480x800 pixels deixa muito a desejar, afinal, você não pode aproveitar vídeos em alta definição e ainda tem que se incomodar com pixels que aparecem por todos os cantos. O problema não é tão grave, mas é um detalhe a se considerar na hora de comprar um produto top de linha.

Nada de Windows Phone 8

Por fim, devemos lembrar que o Lumia 900 não receberá atualização para o Windows Phone 8. Isso quer dizer que você deverá se contentar com a versão 7.5 do sistema e torcer para que a Microsoft lance a atualização 7.8 para os brasileiros.

Análise Nokia Lumia 900 (Fonte da imagem: Reprodução/Nokia)

Para quem deseja apenas recursos básicos e está satisfeito com os apps do Marketplace, isso não deve ser um problema sério. Entretanto, quem está aguardando por Instagram e outros apps famosos, talvez seja melhor pensar antes de investir em um dispositivo preso ao Windows Phone 7.5.

Vale a pena

Na versão americana, o Lumia 900 vem com tecnologia de rede que oferece velocidade de internet de até 42 Mbps, contudo, no Brasil, não existe tal benefício. Ou seja, tirando a câmera frontal e o tamanho da tela, o Lumia 900 acaba sendo quase idêntico ao Lumia 800, só que mais caro. No quesito desempenho, por exemplo, não dá para notar quaisquer diferenças, afinal, o hardware é igual.

Para nós, brasileiros, o aparelho acaba não sendo uma grande jogada. A câmera frontal é um benefício indiscutível, mas o display com resolução baixa não compensa muito. O pior de tudo é ter que se conformar com o Windows Phone 7.5 e saber que não haverá muitos jogos e apps no futuro chegando ao sistema. Sinceramente, não vale a pena investir no Lumia 900.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!