Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

Tablet ou smartphone? Conheça a nova proposta de gadget da Samsung nesta análise do Tecmundo.
  • Visualizações60.145 visualizações
Por Daniele Starck em 16 de Fevereiro de 2012

Lançado na IFA, em 2011, o Galaxy Note da Samsung impressionou por entrar em uma nova categoria de gadgets: phoneblet. O aparelho não é tão pequeno como um smartphone, mas não possui o tamanho avantajado de um tablet.

A ideia aqui é somar o que há de mais interessante nas duas categorias, criando um híbrido que pode conquistar muitos usuários que buscam diversão aliada à comunicação. Confira a análise do Tecmundo para saber o que há de mais interessante no Samsung Galaxy Note.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo] (Fonte da imagem: Samsung)

Aprovado

Tamanho e tela

Impossível começar uma análise do Galaxy Note sem mencionar o seu tamanho. Apesar de ter seus pontos negativos, o aparelho de tamanho generoso tem muito a oferecer. Uma tela de 5.3”, excelente resolução e tecnologia Super AMOLED não pode decepcionar. Basta notar a nitidez das imagens e o alto nível de contraste e saturação que ela apresenta.

A experiência de games, leitura e navegação na internet com o Galaxy Note fica ainda melhor, em um aparelho que é, sem dúvidas, muito mais portátil que um tablet — que tem, em média, o dobro do tamanho do Note.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo] (Fonte da imagem: Samsung)

Ao fotografar, você pode notar a diferença de qualidade do display, pois a imagem é bem mais opaca no computador. E para quem não gosta de uma imagem supersaturada, a Samsung oferece três níveis diferentes de configuração de tela.

Câmera digital

A câmera do Galaxy Note tem 8 MP de resolução e é semelhante à encontrada no Galaxy S II. Você pode captar imagens belíssimas, com cores fortes e vídeos em Full HD. Aqui temos outro diferencial: um aparelho em que você pode visualizar bem as imagens, por conta do tamanho de sua tela, mas que é, ao mesmo tempo, muito mais confortável para fotografar do que um tablet normal.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]Amostra de imagem da câmera digital do Galaxy Note. (Fonte da imagem: )

Quem possui um conhecimento mais avançado em fotografia, ainda conta com uma série de opções que o app oficial da Samsung oferece, permitindo a alteração do balanço de branco, a exposição da imagem, o valor do ISO e o modo de flash. Além disso, o aparelho possui um modo de foco Macro, para captar imagens de objetos pequenos.

Interface TouchWiz

A interface TouchWiz é uma das melhores para Android. Ela é bonita e muito prática, e não é à toa que a Samsung vem conquistando milhares de usuários. Você tem até sete homescreens para personalizar e uma loja de aplicativos exclusivos da empresa.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

O menu de apps é organizado por ordem de download (como no iPhone), mas também permite que você organize os ícones da forma que desejar. Isso é excelente para os usuários que baixam muitos apps. E no Galaxy Note, a TouchWiz é adaptada, com cinco ícones no dock da homescreen.

Caneta S Pen

Sem dúvida, a caneta S Pen é um dos aspectos mais legais do aparelho. Seja para desenhar, criar anotações ou no modo de reconhecimento de escrita, ela foi uma excelente jogada da Samsung.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

A S Pen é prática e funciona bem, e nem mesmo um pouco de lag pode tirar o seu brilho. Além disso, você pode baixar aplicativos exclusivos da Samsung, desenvolvidos especialmente para o Galaxy Note - como o S Note, Zen Brush, Soonr Scribble e iAnnotate Lite. Eles permitem que você crie imagens, anotações, desenhos e ainda sublinhe textos em PDF durante a leitura digital.

Bateria

A bateria do Samsung Galaxy Note é maior do que qualquer smartphone no mercado. Por esse motivo, sua durabilidade é bastante satisfatória. Não chega a ser tão forte como a bateria de um tablet comum, mas certamente supera a dos smartphones – principalmente daqueles com Android.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

Fone e som

O som do aparelho é muito bom, seja através dos alto-falantes ou utilizando o fone de ouvido, reforçando a ideia de que o Note é um excelente gadget para entretenimento. Aliás, o fone de ouvido do Galaxy Note também merece destaque: ele é intra-auricular, vem com dois pares de pontas de silicone extra e ainda oferece botões para controle de volume. Isso é essencial para o usuário que não deseja segurar o grande aparelho no ouvido para efetuar ligações.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

Desempenho

O desempenho do Galaxy Note é muito bom, permitindo que você possa jogar games que exigem bastante do aparelho, ver vídeos e navegar na internet com agilidade. O sistema operacional Android roda com fluidez, mostrando que o processador dual-core 1.4 GHz dá conta do recado.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

Reprovado

Tamanho

Se por um lado temos um aparelho cheio de vantagens devido ao tamanho de sua tela, por outro temos que pensar em questões do dia a dia. O Galaxy Note pode até caber no seu bolso, mas não é exatamente o gadget mais discreto e prático do mercado.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

Além disso, o desconforto para atender ligações com um aparelho deste tamanho fica evidente. Uma alternativa é utilizar o fone de ouvido para realizar chamadas – mas isso pode ser pouco prático em alguns momentos.

Fone de ouvido branco

Elogiamos o fone sim, mas também precisamos citar que o design emborrachado na cor branca pode ficar amarelado e sujo rapidamente. E aí, quem tem obsessão por limpeza pode ficar muito incomodado.

S Pen: reconhecimento da escrita

Já citamos que a S Pen apresenta um pouco de demora à resposta do toque. Isso deixa seus desenhos e anotações menos precisos, o que pode atrapalhar algumas criações mais elaboradas.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo]

Mas o aspecto no qual nós realmente gostaríamos de ver melhora é o reconhecimento da escrita. Você pode substituir o teclado pelo desenho com a caneta, mas muitos erros e correções são necessários, tornando, por vezes, o processo muito mais demorado do que a utilização do teclado normal, ou mesmo do Swype.

Design

O visual do Galaxy Note é, essencialmente, o mesmo do Galaxy S II. Seria interessante ver algo que se assemelhasse menos ao iPhone, apesar da beleza do desenho. Mas as críticas aqui vão para dois itens em especial: o botão para desligar o aparelho e sua tampa traseira.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo] (Fonte da imagem: Samsung)

Por ficar no lado direito do Note, o clique acidental aconteceu mais vezes do que gostaríamos. Já a traseira do aparelho, feita em plástico, apresenta novamente um aspecto muito frágil, algo que já comentamos em relação ao Galaxy S e S II.

Vale a pena?

Sim, vale a pena comprar o Galaxy Note. Não devemos nos prender, pensando que “um telefone poderia oferecer isso” e um “tablet poderia ter aquilo”. O aparelho da Samsung é um híbrido e, ainda que possa causar um certo estranhamento, ele é de uma nova categoria, que estreia com sucesso. 

O tamanho é algo que pode incomodar no começo, mas é fácil acostumar-se. Além disso, existem aqueles usuários que utilizam muito mais as mensagens e a internet do que ligações telefônicas. Logo, atender o telefone com o Galaxy Note vira uma ação secundária.

Análise: Samsung Galaxy Note [vídeo] (Fonte da imagem: Samsung)

O preço fica acima de um bom smartphone e abaixo do valor de um bom tablet. Por isso, se você quer um aparelho superportátil para entretenimento, o Samsung Galaxy Note pode ser uma excelente opção.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!