A plataforma de nuvem da Amazon, conhecida como Amazon Web Services, serve centenas de startups e outras empresas com seus serviços de hospedagem, segurança etc. Para complementar mais ainda seus recursos, a Amazon recentemente inaugurou uma nova ferramenta gratuita para o desenvolvimento de games em três dimensões chamada Lumberyard e, por isso, precisou fazer adendos à lista de termos de serviço.

O que chamou a atenção é que um dos parágrafos novos dos termos prevê algo no mínimo curioso: um apocalipse zumbi. Na parte em que a lista regula as aplicações dessa nova ferramenta, há uma exceção camarada em situações extremas como essa. Infelizmente, essa parte (ainda) não foi transportada em sua tradução para a versão em português, mas pode ser que ela apareça muito em breve.

Salve-se quem puder!

Confira a transcrição do trecho já traduzido:

"57.10 Utilização Aceitável; O seu uso do Lumberyard Meterials deve estar de acordo com a Política de Uso Aceitável da AWS. O Lumberyard Materiais não devem ser usados com sistemas críticos para a vida ou para segurança, como a utilização na operação de equipamentos médicos, sistemas automáticos de transporte, veículos autônomos terrestres ou aéreos ou controle de tráfego, instalações nucleares, espaçonaves tripuladas ou uso militar ligado a combates reais. Porém, essa restrição não vai se aplicar no caso da ocorrência (certificada pelos Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos ou seu corpo sucessor) de uma infecção viral ampla transmitida através de mordidas ou contato com fluidos corporais que façam com que cadáveres humanos sejam reanimados e busquem consumir carne humana viva, sangue, cérebro ou tecido nervoso, possivelmente causando a queda da civilização organizada."

Ou seja: você não deve usar o Lumberyard para programar coisas importantes ou perigosas que possam colocar em risco a vida de pessoas, mas, caso "o bicho pegue" e o mundo caia diante dos mortos-vivos, a ferramenta pode ser usada indiscriminadamente para ajudar no ressurgimento da humanidade de modo organizado. Ainda bem, né?

Você acha que o Lumberyard da Amazon pode ajudar a humanidade no caso de um apocalipse zumbi? Comente no Fórum do TecMundo