Pelo menos para os japoneses, a tecnologia 4K (Ultra HD) já pode ser considerada algo que vai, aos poucos, ser deixada para trás. De acordo com a Olympic Broadcasting Services (OBS), mais de 130 horas dos Jogos Olímpicos 2016 vão ser transmitidas em 8K (7.680x4.320) e som surround 22.2 canais para apenas para o Japão — enquanto isso, no Brasil, você encontra o 4K em serviços como a Netflix.

A transmissão em 8K vai cobrir as cerimônias de abertura e encerramento, além de várias modalidades esportivas. Entre elas, estão o judô, o futebol, a natação e o basquete. Se você ficou com inveja, vamos amenizar isso: só existe um televisor no Japão com resolução 8K, é o Sharp LV-85001. Ainda, muitos convenções e partidas vão ser transmitidas normalmente, já que, na verdade, as Olimpíadas no Rio estão servindo apenas como teste.

A OBS pretende transmitir a Olimpíadas de 2020, em Tóquio, completa em 8K. Até lá, o acesso aos televisores com essa resolução será mais fácil e, talvez, um pouco mais barato. Ainda sobre Rio, segundo a OBS, a transmissão será feita para outros 220 países na qualidade Full HD e som 5.1, sendo mais de 7 mil horas de cobertura.

Caso você não saiba, a realidade virtual também vai estar presente: a OBS vai transmitir as Olimpíadas em VR para quem tiver um dispositivo em casa. Para mais informações sobre isso, acompanhe a nossa página dedicada ao assunto

Você tem um TV 4K? Comente no Fórum do TecMundo