Como Usar Spybot - Search & Destroy

Um dos mais eficientes e populares removedores de malwares sem nenhum mistério.
  • Visualizações39.093 visualizações
Por Danilo Amoroso em 22 de Dezembro de 2008

O Spybot - Search & Destroy é um programa para detectar e remover diversos tipos de Spywares de seu computador. Mesmo que você não saiba, seu PC pode estar infectado devido à grande quantidade de spywares diferentes espalhados pela internet ou anexos a programas que eventualmente podem ser instalados.

Com este guia completo, você vai ver como é fácil trabalhar com o Spybot.

Atenção logo após a instalação

Antes de ser executado, o Spybot checa a pasta que armazena arquivos temporários do seu computador (não confundir com arquivos temporários da internet) e, caso sejam encontrados mais de 100 arquivos, você recebe um aviso e tem a opção de excluí-los. Se você não quiser apagar, basta clicar em “Não” e usar o programa normalmente. Clicando em “Sim”, o programa vai tentar apagar o máximo de arquivos possível (vale o lembrete de que nem todos podem ser deletados).

Aproveite o Spybot para apagar arquivos temporários.

Não há nenhum problema em manter arquivos temporários. No entanto, é sempre válido evitar manter muitos arquivos deste tipo, pois eles não são utilizados e ocupam cada vez mais espaço.

Na primeira vez que o Spybot executar, independente do limpador de arquivos temporários, um assistente será executado para que você dê os primeiros passos com o programa. Este assistente não é em português porque o idioma do Spybot só pode ser alterado com o programa em execução.

Usando o assistente para se familiarizar

Primeiro você é perguntado se deseja executar um backup do registro de seu computador. Apesar de as chances de apagar um arquivo por engano com o Spybot serem mínimas, é válido você manter esta cópia para recuperar informações em caso de erro, pois o Windows não funciona corretamente uma vez que o registro está corrompido.

Com este assistente, o Spybot fica tinindo.

Este backup pode levar alguns minutos para ser completo, dependendo da capacidade do seu computador e da quantidade de informações no registro. Clique em “Criar backup do registro” para executar esta tarefa. Depois de completa, basta clicar em “Continuar”.

O próximo passo é atualizar o Spybot, uma tarefa imprescindível para a eficiência do programa. Clique em “Procurar por actualizações” para iniciar o assistente de atualização.

Sempre mantenha o programa atualizado.

Primeiro ele vai listar todos os servidores que você pode utilizar para baixar as atualizações. Você pode escolher qualquer servidor, isso não altera o procedimento. Clique em “Continue”.

Escolha um servidor para baixar os arquivos necessários.

Todas as atualizações disponíveis serão listadas. Marque aquelas que você deseja. É sempre recomendado que você baixe tudo que for possível. Para voltar à tela anterior e escolher outro servidor, clique em “Back to mirror list”. Para baixar as atualizações, clique em “Download”. Para fechar o assistente, clique em “Exit”.

Escolha os arquivos para baixar.

Observação: algumas vezes pode acontecer uma falha nos downloads. Espere alguns minutos, escolha outro servidor e tente novamente. Para conferir se os downloads foram concluídos com sucesso, confira uma marca verde ao lado deles. Com tudo certo, clique em “Exit” para continuar.

Depois da atualização, o próximo passo do assistente inicial é imunizar seu sistema. São diferentes tipos de proteção que previnem ameaças, impedindo que elas entrem em ação. Você pode imunizar seu navegador através da aplicação de uma lista com sites perigosos conhecidos. Assim você evita o acesso a este conteúdo. Também é possível bloquear códigos suspeitos.

Clique no botão “Immunize this system”. O Spybot vai vasculhar todos os navegadores instalados no seu computador e quantificar tudo que pode ser protegido. Você escolhe a proteção que deseja, uma vez que ela é dividida em cookies, imagens, instalações, popups, domínios, IPs, plugins e outros conteúdos.

Clique em “Immunize” para ativar a proteção. Clique em “Check again” para que o programa vasculhe o sistema novamente em busca de novas informações. Use o recurso de desfazer através do botão “Undo”.

Imunizar significa evitar que ameaças entrem em ação.

Uma vez terminadas essas tarefas, o Spybot está pronto para ser executado com seu sistema já imunizado e atualizado. Você tem a opção de abrir o arquivo de ajuda.

A interface

A primeira medida que muitos usuários podem tomar é mudar o idioma do Spybot. Basta clicar no menu “Idioma” e escolher “Brasil”.

Atente para não escolher

Por padrão, o Spybot é configurado para executar no modo padrão, que oferece o básico para o funcionamento do programa sem configurações avançadas. Neste modo, você tem apenas um menu e três botões principais.

Esses três botões oferecem tudo que você precisa.

Examinar: clique aqui para vasculhar seu computador em busca de spywares e outras ameaças. Este procedimento pode levar vários minutos. À medida que os problemas são encontrados, você já é informado na área “Problemas”. Eles são destacados em vermelho. Clicando em “+”, à esquerda, você é informado sobre a entrada no registro de tal processo encontrado.

Mais à direita, você é informado sobre quantas entradas o problema encontrado ocupa no registro, além do tipo dele. Clicando no botão com duas flechas no canto direito da tela, um pequeno menu é exibido com informações sobre o arquivo encontrado, como desenvolvedor, funcionalidade e descrição.

Você pode parar a análise a qualquer momento, bastando clicar no botão “Parar exame”.

Depois de concluída a análise, você seleciona as entradas que deseja excluir. Tenha em mente o fato que nem tudo que for indicado é malicioso. Clique em “Corrigir os problemas selecionados” para excluí-los do sistema.

Um sinal verde vai indicar que a entrada foi removida com sucesso. Você poderá imprimir esta tela e examinar novamente seu computador.

Clicando em “Spybot-S&D”, você volta para a tela principal.

Depois de concluído o exame, clique neste botão para voltar.

Backup: esta função deve ser utilizada caso você tenha problemas pouco tempo depois de remover algum spyware. Clicando neste botão, você pode visualizar quais alterações podem ser refeitas. É importante lembrar que nem tudo que for apagado pode ser recuperado posteriormente.

Deu erro? Recupere com o backup.

Basta marcar a entrada desejada e clicar em “Recuperar os items seleccionados”. Ou então clique em “Excluir os backups seleccionados” para apagá-los de vez. Novamente, clique em “Spybot-S&D” para voltar à tela principal.

Recupere ou então exclua o item selecionado de vez.

Search for Updates: este é o mesmo assistente executado na primeira vez que o Spybot é rodado em seu computador. Basta selecionar os itens desejados e baixá-los.

O menu lateral

O menu lateral, no modo básico, apresenta cinco atalhos para acessar as funções mais importante do programa: “Search & Destroy” para examinar seu computador; “Backup” para reverter este procedimento; “Imunizar” para proteger seus navegadores; “Procurar atualizações” para atualizar a base de dados do programa; e “Doações” para você contribuir com os desenvolvedores do programa (não é obrigatório).

Tudo que você precisa está nesse menu.

Até aqui você já desvendou todas as funcionalidades do Spybot no modo básico. De fato, usuários básicos podem conseguir o que querem com estas funções. Porém, os usuários que gostam de aproveitar tudo que um programa tem para oferecer podem alterar para o modo avançado e aproveitar mais recursos.

O modo avançado

Clique no menu “Modo” e, em seguida, em “Modo avançado”.

Mudando de modo para conseguir mais funções.

Você será perguntado se realmente deseja alterar para este modo, uma vez que ele oferece opções e configurações que podem danificar o sistema caso sejam aplicadas incorretamente. Por isso é necessário que você tenha consciência de tudo que faz neste modo.

Confirme a alteração caso você saiba o que está fazendo.

Confirmando a alteração, perceba que três novos menus são adicionados. Eles aparecem no canto inferior esquerdo da tela. Vamos começar pelas configurações.

Novos menus surgem para incrementar o Spybot.

Configurações

Aqui você tem uma série de opções para configurar o Spybot. Todas elas podem ser acessadas tanto pelo menu quanto pela área à direita. Veja quais são:

Duas maneiras para acessar cada item da configuração.

Idioma: altera o idioma usado pelo Spybot. São dezenas de idiomas à sua escolha, inclusive o português (de Portugal). Como já foi visto anteriormente, o idioma também pode ser alterado no menu “Idioma”.

Altere o idioma aqui ou pelo menu.

Conjuntos de arquivos: aqui você pode definir precisamente quais os tipos de arquivo que o Spybot deve procurar.  Por um lado, remover um tipo específico de arquivo de uma busca diminui o tempo do scan, mas por outro deixa de identificar e eliminar certas ameaças ao seu computador. É recomendado marcar todas as opções do conjunto “Spybot – Search & Destroy”.

Exclua alguns malwares da análise, mas tenha certeza disso.

O outro grupo, “Rastos de uso”, deve ser baseado nas suas preferências pessoais e nos seus costumes de navegação na internet.

Aqui não é necessário confirmar nenhuma ação, basta marcar as categorias que você deseja aplicar.

Configurações: uma extensa lista com todas as opções para você deixar o comportamento do Spybot do jeito que achar melhor. Para começar, você escolhe se deseja aplicar atalhos para o programa na área de trabalho, na barra de inicialização rápida e no Menu Iniciar.

Esses são apenas alguns exemplos do que você pode modificar.

Em seguida, nas configurações principais, você define o modo de uso padrão do programa, a aplicação de backups e pontos de restauração do sistema, reprodução de alertas para ocasiões determinadas.

Você também pode definir a prioridade do exame. O padrão é a prioridade normal, a qual consome uma quantidade razoável de processador, mas não lhe impede de executar outras tarefas. Quanto mais alta a prioridade, maior será a necessidade de processamento e o uso de outros programas não é recomendado. Há até a prioridade absoluta, a qual interrompe todos os programas abertos no momento do scan.

Você também define a “idade” do backup, ou seja, por quantos dias as entradas removidas devem permanecer disponíveis para reversão.

Há também uma série de configurações para a automatização do Spybot, desde sua inicialização automática juntamente com o Windows até o comportamento dele depois de inicializado. A procura por atualizações também podem ser programadas para que você mantenha o programa sempre em dia sem precisar ativar o assistente. No entanto, depois de feita a busca, é necessário instalá-las manualmente.

Notificações de bugs também podem ser configuradas, assim como o uso de um “triturador” para a remoção de rastros e arquivos de backup.

Pasta de download: aqui você pode indicar uma pasta específica para que o Spybot vasculhe seu conteúdo em busca de arquivos perigosos. Uma medida muito recomendada é adicionar sua pasta de downloads aqui, uma vez que eles representam uma enorme porta de entrada para spywares.

Basta clicar com o botão direito do mouse sobre a área branca e clicar em “Adicionar uma pasta a esta lista”. Para remover uma pasta já inserida, clique em “Remover a pasta seleccionada da lista”.

É recomendado monitorar suas pastas de download.

Skins: aqui você muda a cara do Spybot, podendo escolher entre quatro temas. Use o menu para escolher uma skin e pré-visualize as mudanças na parte de baixo da tela. Clique em “Aplicar selecionada” para aplicar o tema escolhido.

Se você não visualizar estas opções, tente atualizar o Spybot.

Atenção

como exemplo, o Spybot usa uma mensagem como se um spyware fosse encontrado, mas não se preocupe: é apenas uma mensagem de exemplo.

Isto é apenas um aviso, não se preocupe.

Agendador: aqui você configura o Windows para programar um exame do seu computador caso o Agendador de Tarefas esteja ativado no seu sistema. Clique em “Adicionar” para começar a programar a tarefa; clique em “Editar” para configurar horários; e clique em “Remover” para não usá-la mais.

Atualizações podem ser programadas da mesma maneira. Basta clicar em “Add (Updater)” e utilizar os botões “Edit (Updater)” e “Remove (Updater)” para configurar ou apagá-lo.

Se você usa o Agendador de Tarefas, programe o Spybot.

Produtos a ignorar: aqui você pode excluir uma infinidade de tipos de arquivos dos scans do Spybot. Trata-se de uma lista com tudo que o programa é capaz de detectar, dividida por categorias. Este recurso deve ser utilizado caso você tenha uma ameaça em seu computador, mas precisa utilizá-la para algum propósito bem definido.

Basta navegar pelas abas das categorias e marcar os arquivos que você deseja preservar em qualquer limpeza feita pelo Spybot.

Uma infinidade de arquivos que você pode isentar das análises.

Cookies a ignorar: com mecanismo semelhante ao de produtos a ignorar, aqui são listados todos os cookies armazenados no Internet Explorer, Netscape ou Firefox. Os cookies marcados nesta lista não serão excluídos no processo de limpeza dos rastos de uso.

Basta marcar os cookies que você deseja preservar.

Repare como os termos são técnicos e exigem conhecimento avançado.

Extensões de arquivo a ignorar: aqui são listadas as extensões que estão armazenadas no histórico do diálogo Abrir/Salvar arquivo do Windows e também aquelas que já estão na sua lista de exclusões. Marque as extensões que você não quer remover deste histórico de diálogo quando você apaga rastos de uso através do Spybot.

Itens individuais a ignorar: esta é uma lista de detecções individuais (ou seja, que não se encaixam nas categorias vistas anteriores) que podem ser preservadas em futuros exames. Para adicionar itens nesta lista, você deve clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção para ignorá-lo. Isto deve ser feito na tela de resultados.

Para remover um item, basta clicar com o botão direito do mouse sobre ele e clicar em “Remover esta exclusão da lista”.

Conteúdos do Sistema a ignorar: aqui são listados todos os conteúdos de sistema excluídos pelo Spybot. Para ver novamente estes resultados em uma lista, basta removê-los daqui, clicando com o botão direito do mouse.

Ferramentas

Aqui você encontra várias ferramentas que lhe permitem descobrir spywares que ainda não foram detectados pelo exame normal. Mas é necessário ter muito cuidado, pois algumas dessas funções podem ter grandes conseqüências. Portanto, tenha plena consciência do que fizer aqui.

Tenha muita atenção ao alterar qualquer ferramenta.

Estas ferramentas incluem um visualizador de notificações em formato de texto, envio de notificações para a equipe de desenvolvimento do Spybot, o uso do triturador para remover arquivos de vez, proteção residente, lista de aplicativos do tipo ActiveX instalados, ativação do Browser Helper Objects, modificação de página inicial e de pesquisa do Internet Explorer, listagem de arquivos hosts e de processos, busca de incoerências no registro, entradas de desinstalação de softwares e listagem de drivers de rede.

Para configurar cada uma dessas opções, dê um duplo clique sobre ela. Você também poderá fazer isso no menu expandido.

Expanda uma configuração para obter mais detalhes.

Informações e licença

Aqui você encontra informações técnicas sobre o Spybot, créditos de desenvolvimento, endereços para donativos e estatísticas de detecção.

Esta seção é informativa, sem nenhuma função adicional.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!