3 coisas que poluem o meio ambiente e você nem sabia

Enviar emails, usar dispositivos USB e até mesmo realizar buscas na web estão entre ações responsáveis por 2% das emissões de gases do efeito estufa.
  • Visualizações43.938 visualizações
Por Douglas Ciriaco em 20 de Julho de 2011

A poluição é algo preocupante e que diz respeito a todos, desde os cidadãos até as megacorporações que se espalham pelo mundo. Colaborar na separação do lixo reciclável do não reciclável, repensar sua alimentação e seu modo de vida, e consumir produtos de empresas social e ambientalmente responsáveis são algumas das ações que você pode tomar para não piorar a situação do meio ambiente.

Contudo, um estudo realizado pela Agência de Meio Ambiente e Gestão Energética (Ademe) indicou novos inimigos do meio ambiente e, com certeza, eles estão bem perto de você. Enviar e receber emails, fazer transferências de arquivo entre o PC e um dispositivo USB e até mesmo realizar buscar na internet contribuem com a emissão de gases poluentes.

Isso mesmo, de acordo com o relatório do estudo que calcula a emissão de CO2 devido ao uso da internet, ações simples e corriqueiras que fazemos aos montes todos os dias – e que acreditávamos serem limpas – contribuem para a emissão de gases do efeito estufa.

Os estudos têm como base a energia gasta para enviar e acessar as mensagens, bem como o uso de servidores para banco de dados das informações compartilhadas em emails e páginas de busca.

Correio eletrônico do mal

Segundo o relatório da Ademe, uma média diária de 247 bilhões de emails foram enviados durante o ano de 2009, já incluídas aí as mensagens de spam. Em 2013, a previsão diária é de 507 bilhões. O estudo elabora um cenário de exemplo para medir a poluição dos emails: uma empresa francesa com 100 funcionários.

3 coisas que poluem o meio ambiente e você nem sabia Enviar e receber emails não é uma atividade "limpa". (Fonte da imagem: Reprodução / Gmail)

Cada um deles, em média, recebeu 58 e enviou 33 emails por dia, sendo 1 MB o tamanho médio de cada mensagem. Isso tudo, em um ano de trabalho (220 dias) da centena de funcionários, resultaria em 13,6 toneladas de CO2, o principal gás do efeito estufa, despejadas no meio ambiente. Se colocar nessa conta a impressão de mensagens recebidas, o cenário é ainda mais desolador.

Contudo, para começar a melhorar a situação não é preciso muito esforço: ainda de acordo com o estudo da Ademe, uma redução de 10% no envio de emails de uma empresa com 100 funcionários significaria que 1 tonelada de CO2 não seria despejada no meio ambiente. Se as impressões forem reduzidas em 10%, 5 toneladas a menos de CO2 serão liberadas na atmosfera.

Buscas poluentes

A internet é um campo vasto para buscas: não por acaso, a maior empresa da web, o Google, começou apenas com o serviço de pesquisa. Para chegar às suas conclusões, a Ademe lançou mão da ideia de que cada usuário faz 2,6 pesquisas por dia. Em um ano (365 dias), seriam 949 pesquisas e 9,9 kg de CO2 emitidos.

Se adaptarmos esse resultado para o nosso país, que tem cerca de 80 milhões de internautas, as emissões totais chegariam a 792 toneladas de CO2 anuais apenas em decorrência das buscas na internet feitas no Brasil. A solução, segundo o relatório francês, seria usar palavras-chaves mais precisas na hora da busca, o que geraria resultados mais específicos.

3 coisas que poluem o meio ambiente e você nem sabiaUso excessivo de buscadores também causa poluição. (Fonte da imagem: Reprodução / Altavista)

Além disso, usar menos os buscadores e mais a barra de endereços, digitando diretamente a URL da página a ser visitada, resultaria em uma economia de 5 kg de CO2 anuais por usuário, ou seja, mais da metade do que é emitido por cada internauta segundo a Ademe.

O próprio Google já exibiu alguns dados em que mostra o gasto de energia causado por sua página de buscas. Segundo o texto, publicado no blog oficial da empresa em 2009, um mês de buscas no Google gera 260 toneladas de CO2 e consome energia suficiente para mover uma bicicleta durante 5.936 anos ou então manter uma lâmpada de 100 watts acesa durante 4.534 anos ininterruptos.

Dispositivos USB sujões

A última parte da pesquisa da Ademe trata de dispositivos USB. Ela elabora diversos cenários e tem como base um pendrive de 512 MB em que se transfere um documento de texto de 200 páginas. Se cada página é lida durante 3 minutos e se 100 pessoas decidem ler o mesmo documento, o ciclo completo de transmissão e leitura equivale a 80 kg de CO2.

3 coisas que poluem o meio ambiente e você nem sabiaSegundo a Ademen, transmitir arquivos de dispositivos USB prejudica o meio ambiente. (Fonte da imagem: Datawalk)

As dicas aqui ficam para leituras mais rápidas (que não cheguem a três minutos) e, mais uma vez, cuidado na hora da impressão. Realizar impressões na frente e no verso de cada folhae optar por preto e branco em vez de colorido são soluções simples, mas que diminuem o impacto.

. . . . .

Você sabia que ações tão cotidianas como essas eram capazes de agredir o meio ambiente? Saiba que é possível ajudar também de maneira simples, usando o computador e a internet de forma mais responsável. Não deixe de registrar sua opinião nos comentários.



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!